sexta, 20 de julho de 2018

Vereadores não acreditam em candidatura própria do PDT

24 MAI 2008Por 23h:52
     

Lidiane Kober

 

Mesmo diante de sucessivas ameaças, os vereadores de Campo Grande não acreditam que o PDT irá lançar candidatura própria, caso se confirme a indicação do presidente da Câmara, Edil Albuquerque (PMDB), para ocupar a vaga de vice na chapa do prefeito Nelsinho Trad (PMDB). Eles apostam que os pedetistas vão continuar na base aliada e que as ameaças não passam de estratégia para forçar a indicação do deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT) para ficar ao lado de Nelsinho.

"Não acredito que o PDT irá lançar candidatura própria. Isso será a prova de que o partido quer fugir do entendimento e que não está disposto a construir. Não vamos ficar reféns da ameaça de nenhuma legenda. Não somos favoráveis a este tipo de construção ", frisou o líder do PMDB na Câmara, vereador Paulo Siufi.

Outro que desconfia das intenções dos pedetistas é o vereador Marcelo Bluma (PV). Ele não observa condições do partido partir para o embate. "Não vejo viabilidade no lançamento de candidatura própria do PDT. Não tem clima de ir para o enfrentamento na base da rebeldia. Até mesmo porque o partido não se preparou para assegurar uma disputa competitiva", disse.

Leia Também