Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

CPI

Vereadores decidem se cassam prefeito de Iguatemi‏

18 JAN 2011Por EDILSON JOSÉ ALVES – PONTA PORÃ12h:56

Os nove vereadores de Iguatemi votam nesta quarta-feira pela manhã o relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigou supostas irregularidades cometidas pelo prefeito do município, José Roberto Felippe Arcoverde (PSDB).

A sessão extraordinária foi marcada para as 10h30min. pelo presidente da Câmara Municipal, Jesus Milane de Santana (PTB). O plenário deverá ficar totalmente lotado, já que existem vários segmentos do município prometendo pressionar os vereadores a votar pela cassação do mandato.

Um dos mais interessados nos resultados da CPI que apura fraude em licitações entre outros supostos crimes de improbidade administrativa é o vice-prefeito Darci Thiele (PMDB), que estaria inclusive viabilizando o transporte para moradores de assentamentos rurais participarem da sessão.

O resultado da votação ainda é uma incógnita, já que dos nove vereadores, três declararam abertamente serem favoráveis à cassação: Élina Aparecida Gomes Cáceres (PP), que é a relatora da CPI; Varico de Paula (PMDB) e Valdemar Souza Cruz (PDT).

Mas o prefeito tucano também possui três vereadores defensores declarados: Clareny Kleszcs Ranghetti (PSDB), Edson Barbosa de Souza (PSDB) e Lean Ledesma Júnior (PTB). Já o presidente da Câmara, Jesus Milane, Ivonei Ferreira Santana (PDT) e Ricardo Ribeiro de Souza (DEM) não declararam seus votos.

Leia Também