domingo, 22 de julho de 2018

Vereadores avaliam desgaste provado por pacote fiscal

14 DEZ 2008Por 21h:56
     

Maria Matheus

Depois de aprovarem o pacote fiscal que cria taxas para uso do solo, subsolo e espaço aéreo, vereadores estão preocupados com o desgaste político da Câmara devido à repercussão dos projetos. Eles avaliam, no entanto, que será pequeno o impacto sobre a popularidade do prefeito Nelsinho Trad (PMDB).

Na avaliação de Marcos Alex (PT), que votou contra, o pacote traz uma série de medidas positivas que foram ofuscadas pela repercussão das taxas que podem onerar o consumidor. Ele citou como exemplo a ampliação do prazo para pagamento de impostos como o Imposto Predial Terrritorial Urbano (IPTU) e Imposto Sobre Serviço (ISS) e a criação da bolsa universitária. "Por causa da bendita taxa do poste é que está tendo esse desgaste", concluiu.

Apesar de reconhecer o desgaste que o pacote gerou para a Câmara, o petista acredita que o impacto político para o prefeito será pequeno. "Esse grupo político está há muito tempo no poder e cobrando taxas, como a taxa de asfalto, de iluminação pública", assinalou. "Não sei se isso seria fator de desestabilização política do Nelsinho, até porque ele acabou de sair da eleição com forte índice de votação. Eu creio que não chega a ser comprometedor".

Leia Também