Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

domingo, 17 de fevereiro de 2019 - 14h58min

Vereadores aprovam projeto para acabar com poluição visual

16 JUL 10 - 08h:49
Silvia Tada | Bruno Grubertt

Sem as especificações do Cidade Limpa, a Câmara de Vereadores aprovou por unanimidade, ontem, o projeto de revitalização do centro de Campo Grande. Em até 180 dias deve ser publicado o decreto de regulamentação do texto, com as regras a serem adotadas por comerciantes e empresários do ramo de mídia externa para acabar com a poluição visual. A Lei Complementar 271/2010 teve uma emenda, de autoria do Executivo.
Da seção VII, que tratava do controle da poluição visual, restou apenas o artigo 26, que teve a redação alterada duas vezes, enquanto os artigos 27 ao 38 – todos os que tratavam das peças publicitárias externas – foram suprimidos.
Outra mudança foi que toda a referência na lei ao espaço denominado “área de influência”, que corresponde às proximidades da ferrovia, foi retirada do texto. Portanto, as regras estabelecidas na revitalização valerão apenas para a Zona Especial de Interesse Cultural (ZEIC), área compreendida entre a Avenida Ernesto Geisel, Rua Padre João Crippa e Avenida Fernando Corrêa da Costa.

Discussões
O projeto começou a ser discutido às 13h, depois de 3h30min de sessão, a última do semestre. Em princípio, havia sete emendas apresentadas, mas, após a mudança da prefeitura, quatro delas perderam a validade. Durante a discussão da primeira proposta modificativa, porém, os vereadores levantaram dúvidas em relação à redação da proposta e a sessão foi suspensa das 13h20min às 14h17min, com reunião fechada entre os parlamentares.
Eles não concordaram com o artigo 26, que passaria a valer com a redação em que as especificações do Cidade Limpa seriam regulamentadas por meio de decreto municipal, em 180 dias. Os vereadores de oposição – Alcides Bernal, Thaís Helena, Cabo Almi e Paulo Pedra –, junto com a vereadora Grazielle Machado, apresentaram “emenda à emenda” para que as regras fossem estabelecidas por meio de lei, passando, assim, novamente pelo Legislativo Municipal. A proposta foi rejeitada pela base aliada.
Sob acompanhamento dos empresários da comunicação visual, os vereadores elaboraram um documento de próprio punho comprometendo-se a acompanhar de perto a regulamentação que será assinada pelo prefeito. No compromisso, que foi assinado pelos parlamentares e guardado no cofre da presidência da Casa, também ficou estabelecido que os vereadores lutariam para não deixar a Lei Cidade Limpa valer na área de influência.

Votação
Após as discussões, foi iniciada a votação nominal do projeto. Mesmo após discussões e críticas ao texto, alguns vereadores usaram o direito à declaração de voto e defenderam as ações de revitalização.
A importância das modificações foi defendida pelos parlamentares, bem como a importância do projeto para a história da cidade. Os 18 vereadores presentes votaram a favor do projeto, que não teve nenhuma manifestação contrária além de ressalvas com relação aos artigos suprimidos.
Logo após a aprovação, a diretora do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Planurb), Marta Lúcia Martinez, mostrou-se aliviada e comemorou a sensibilização gerada pelo projeto. “É um avanço e uma reivindicação da população que, agora, será atendida. As mudanças que serão feitas ao longo de dez anos deixarão a cidade mais bonita e vão beneficiar os comerciantes e o turismo”, disse.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Nenhum candidato se atrasa para concurso de Magistério
PROVA

Nenhum candidato se atrasa para concurso de Magistério

Deputados temem estoque
IMPORTAÇÃO

Deputados temem estoque "monstruoso" de leite da UE

Operação da PM aborda 117 pessoas   e apreende drogas durante a noite
OPERAÇÃO SATURAÇÃO

PM aborda 117 pessoas e apreende drogas

Anta é fotografada de madrugada   ao cruzar rua de shopping
SHOPPING

Anta é fotografada
ao cruzar rua movimentada

Mais Lidas