Sábado, 17 de Fevereiro de 2018

Vereadora tenta impedir imprensa de cobrir sessão na Câmara

19 FEV 2009Por 21h:10
     

Fábio Dorta, Dourados

 

A presidente da Câmara Municipal de Fátima do Sul, Maria Jorge Leite da Silva (PR), conhecida por Mariquinha, está sendo acusada de ter impedido profissionais de uma emissora de rádio do município de Deodápolis de fazer a cobertura jornalística da sessão solene de abertura do ano legislativo, ocorrida na última segunda-feira, dia 16.

A denúncia foi feita pelo repórter Eliton Santos e pelo diretor da Rádio Vale Transamérica, Acary Dias Coelho, ao Sindicato dos Radialistas do Estado de Mato Grosso do Sul (SINTERCOM/MS). A emissora também deverá encaminhar o caso à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). De acordo com Santos e Coelho, a vereadora teria determinado, sem dar justificativas, que e o repórter se retirasse da sessão, caso contrário, chamaria a Polícia Militar.

Houve muita confusão e bate-boca no local por causa da atitude da vereadora. O caso só foi contornado, de acordo com Santos, após a intervenção dos vereadores Cida Santos (PR), que é companheira de bancada de Mariquinha, e Júnior Vasconcelos (PSDB) que garantiram a permanência do repórter e a consequente cobertura jornalística do evento.

Leia Também