segunda, 23 de julho de 2018

R$ 256 mil

Vereador tem carvoaria fechada e recebe multa

30 DEZ 2010Por VIVIANNE NUNES E EVELIN ARAUJO10h:18

Policiais Militares Ambientais de Bataguassu fecharam hoje de madrugada uma grande carvoaria que funcionava de forma ilegal em Campo Grande.  O local tinha cerca de 40 fornos, funcionava com a autorização de órgão ambiental vencida e foi interditada. No local foram apreendidos 150 metros cúbicos de lenha e 332 metros cúbicos de carvão nativo. 

Randerson Lima, de 30 anos, vereador de Bataguassu e proprietário da carvoaria foi autuado administrativamente e multado em R$ 256 mil por praticar atividade potencialmente poluidora sem autorização e por ter em depósito madeira e carvão ilegalmente.

Ele também responderá por crime ambiental de funcionar atividade potencialmente poluidora sem autorização ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de detenção, de três meses a um ano pela atividade de carvoejamento e de 6 meses a 1 ano de detenção pela lenha e o carvão ilegais.  

Leia Também