Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Alcides Bernal

Vereador sai da base aliada e esposa com câncer sofre retaliação

12 FEV 14 - 00h:00da redação

A retaliação sofrida pelo vereador João Rocha (PSDB) por parte do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), foi o motivo de mais uma crise, durante a sessão ordinária de ontem (11), na Câmara Municipal. As informações são do jornal Correio do Estado.

A publicação informa que o tucano alegou que, sua esposa, Rosemery da Costa Rocha, que coordenava projeto municipal de ginástica rítmica, mas está afastada das atividades devido a tratamento de câncer no pulmão e ossos, foi convocada pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) para retornar imediatamente à sala de aula para lecionar educação física, área em que é formada.

A medida é vista como retaliação porque Rocha agora é independente, após ser da base aliada durante o primeiro ano de gestão progressista. “Isso é o que ele (Bernal) está me retribuindo depois de um ano tentando ajudá-lo”, desabafou. O tucano explicou que a companheira recebeu ligação do departamento pessoal da Semed na última segunda-feira (10) às 18h30, após o final do expediente do município.

“O castigo dela é ser esposa do professor João Rocha. Ela prestou serviço mais de 30 anos, recebeu prêmios e tudo mais, mas o problema vai além desta situação”, contou. Em seguida, o vereador revelou que esta não é a primeira represália que sofre por meio de familiares. O irmão, Venâncio Rocha, coordenador do projeto ABB Comunidade, desenvolvido na região do Bairro Futurista, também foi afastado do programa e convocado para retornar à sala de aula. Além disso, a sobrinha era técnica da seleção de ginástica e foi afastada da função. 

A reportagem é de Tavane Ferraresi.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Mais famílias campo-grandenses conseguem pagar as dívidas
APONTA PESQUISA

Mais famílias campo-grandenses conseguem pagar as dívidas

Agehab dá dez dias para mutuários regularizarem dívidas
INTERIOR

Agehab dá dez dias para mutuários regularizarem dívidas

União agilizará reconhecimento de emergência por queimadas em MS
DIZ MINISTRO

União agilizará reconhecimento de emergência por queimadas em MS

Investigações contra agressor de Bolsonaro podem ser retomadas
PRESO EM CAMPO GRANDE

Agressor de Bolsonaro pode voltar a ser investigado

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião