Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

Vereador Ribeiro é cassado por compra de votos

20 FEV 2009Por 23h:59
     

MARIA MATHEUS

 

A Justiça Eleitoral cassou o mandato do vereador Clemêncio Ribeiro (PMDB), de Campo Grande, por abuso de poder econômico e improbidade administrativa e o tornou inelegível por três anos. Ele também foi multado em R$ 26,6 mil. Ribeiro foi condenado por oferecer a eleitores atendimentos jurídicos e médico-odontológicos em troca de votos, por intermédio da Associação dos Ciclistas Amadores de Mato Grosso do Sul, da qual é fundador. Ele pode recorrer da decisão ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

A Associação dos Ciclistas oferece atendimentos gratuitos nas áreas de odontologia, oftalmologia, ortopedia e clínica médica em geral. Mas para se cadastrar a entidade exigia, entre outros documentos, a apresentação de título de eleitor e assim mantinha registradas informações detalhadas de 14.037 pessoas.

Leia Também