Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Vereador petista provoca Simone e é vaiado

2 ABR 10 - 21h:21

Rose Rodrigues, Três Lagoas

 

Em ato do PMDB, vereador petista defendeu a eleição do ex-governador José Orcírio dos Santos (PT) ao Governo do Estado e foi vaiado por quase mil pessoas. O fato aconteceu anteontem à noite na cerimônia de renúncia de Simone Tebet (PMDB) e posse da nova prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura (PMDB). Em seu discurso, Idevaldo Claudino (PT), único vereador da oposição na cidade, ignorou Simone, falou apenas do seu trabalho e elogiou o senador Delcídio do Amaral (PT) e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

A vaia aconteceu quando ele afirmou que a vitória nas próximas eleições seria do ex-governador José Orcírio do Santos (PT).

Simone Tebet, que renunciou ao cargo de prefeita para ser candidata a vice na chapa do governador André Puccinelli (PMDB), disse que não se abalou com as provocações de Claudino. "Isso faz parte da democracia, apesar de ele ter escolhido o momento errado, porque não estamos discutindo eleições aqui", observou.

A cerimônia aconteceu na Praça Ramez Tebet, que fica no centro da cidade, e durou mais de três horas. A ex-prefeita fez um longo discurso, com citações do poeta Victor Hugo, e chorou muitas vezes. Ao final, uma imensa fila se formou para abraçar Simone. "Passa na memória os cinco anos em que administramos Três Lagoas, período em que tivemos de reinventar a cidade. Três Lagoas era uma cidade suja, sucateada, com as finanças comprometidas. Encontramos muitas pedras no caminho", lembrou.

Simone disse que o maior desafio da nova prefeita será o de diminuir a desigualdade social que ainda existe em Três Lagoas.

 

Homenagem recusada

Durante a cerimônia, a Câmara Municipal entregou à ex-prefeita o título de Cidadã Benemérita. A homenagem foi recusada por Simone. "Eu nem sabia que seria homenageada com este título e fico muito feliz, mas eu não posso e nem irei aceitar, porque eu não mereço nenhuma medalha. A obrigação de uma pessoa pública é trabalhar por sua cidade. Fui eleita para isso e não mereço recompensas", declarou.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Nova decisão confirma Paper Excellence como majoritária da Eldorado Celulose
DECISÃO PROVISÓRIA

Nova decisão confirma Paper Excellence como majoritária da Eldorado Celulose

Centro de Triagem deve ser novo destino de Jamil Name
MILÍCIA ARMADA

Centro de Triagem deve ser novo destino de Jamil Name

Lei autoriza criação de "disque-dengue" via WhatsApp
VIZINHO COM TERRENO SUJO?

Lei autoriza criação de "disque-dengue" via WhatsApp

Queda no preço da arroba do boi não chega aos açougues
CARNE

Queda no preço da arroba do boi não chega aos açougues

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião