Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DECISÃO

Vereador Paulo Pedra perde presidência do PDT

Vereador Paulo Pedra perde presidência do PDT
30/01/2014 00:00 - roberta cáceres


O vereador Paulo Pedra não foi reconduzido à presidência municipal do PDT de Campo Grande. Ontem ele deixou o cargo e será substituído por Wilson Fernandes por período de 45 dias até a realização da convenção para escolha dos novos dirigentes.

A atuação de Pedra nas negociações políticas com o prefeito Alcides Bernal (PP) eram consideradas reprováveis pelo presidente regional do partido, João Leite Schimidt. Ele, em várias ocasiões, criticou Pedra. Mas no final, o partido acabou autorizando o vereador a negociar cargos com prefeito em troca de apoio.

Segundo o ex-deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT), Schimidt decidiu fazer homenagem a Wilson Fernandes, um militante atuante do partido, nomeando-o para assumir a presidência. “Wilson Fernandes comandará o partido provisoriamente, mas nada impede que o vereador Paulo Pedra volte a ser o presidente”, comentou Dagoberto. “Isso foi uma homenagem que o presidente Schimidt fez ao nosso companheiro Wilson Fernades”, complementou.

Dagoberto ressaltou ainda que a decisão de escolher novo presidente não se trata de retaliação do partido. “Pedra tem total legimidade para ser o presidente municipal”, pontuou. 

Felpuda


Tudo indica que o MDB não conseguiu convencer o PSDB de iniciar namoro com vistas a casamento nas eleições, e a ideia teria sido descartada. Os tucanos demonstraram que o problema deles não é o cargo: os emedebistas ofereceram a vaga de vice na disputa à Prefeitura de Campo Grande, a mesma cobiçada pelos tucanos, mas na chapa do PSD do atual prefeito. A questão, politicamente falando, seria, digamos, o oferecido “noivo”. Afe!