Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sábado, 23 de fevereiro de 2019 - 15h56min

Vereador do PPS rejeita a candidatura de Marisa

23 JAN 10 - 08h:04
A disposição do presidente regional do PPS, Athayde Nery, de apoiar a candidatura da senadora Marisa Serrano (PSDB) ao Governo do Estado, divide sua própria sigla. Único vereador do PPS na Capital, Mário César, vice-líder do prefeito Nelsinho Trad (PMDB) na Câmara, defende a continuidade da aliança com o governador André Puccinelli (PMDB). Ele chegou a classificar a posição de Nery como “oportunismo” e disse que se for para romper com o PMDB, o PPS deve entregar desde já os cargos na prefeitura e no Governo. Mário César lembra que, no ano passado, quando o BDR ameaçou romper com o governador, usou a tribuna da Câmara para se manifestar contrário à ideia. Frisando que é membro da Executiva Estadual e não foi convidado a opinar, ele acrescentou que ao dizer que “a tropa está na estrada” para enfrentar Puccinelli na sucessão estadual, o presidente do PPS fala “por conta e risco dele”. “Se o PPS realmente quer romper com André para lançar a senadora Marisa, que é uma excelente pessoa, que entregue os cargos que ocupa com apoio do PMDB”, diz Mário César, citando a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), com Flávio Britto; a presidência da Fundação Social do Trabalho (Funsat), com Luiza Ribeiro; a presidência da Fundação Municipal de Cultura (Fundac), com o próprio Athayde Nery; a direção da Escola de Governo e o cargo de secretário estadual adjunto de Administração, com Édio Viegas; e a superintendência estadual do Procon, com Lamartine Ribeiro. O presidente do Diretório Municipal do PPS de Campo Grande, Porto Vanderlei, considera que a sigla deve seguir rumo próprio. “Essa articulação com o PMDB e com qualquer outro partido não é unânime no partido. Há militantes que entendem que o PPS precisa, urgentemente, se posicionar, se apresentar na sociedade com candidaturas próprias, para que vejam o PPS como partido grande, capaz de dar sua contribuição, independente de qualquer outro partido”, disse. (ME)
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Perícia em MS amplia capacidade de realizar exames de DNA contra crimes
SEGURANÇA PÚBLICA

Perícia amplia realização de exames de DNA contra crimes

Corrente arrecada doações para circo que pegou fogo no Jardim Los Angeles
SOLIDARIEDADE

Corrente arrecada doações para circo que pegou fogo

Idoso tenta matar o próprio filho com espingarda na Capital
UM DIA DE FÚRIA

Idoso ameaça matar o próprio filho com espingarda

Ex-PM que furtou cadáver deixa presídio após aval da Justiça
CASO ROSILEI

Ex-PM que furtou cadáver deixa presídio após 6 dias

Mais Lidas