Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

resultado

Vereador de Dourados é cassado por 11 votos

17 MAR 11 - 15h:15antônio viegas, de dourados

Com 11 votos, mais um vereador acusado de envolvimento com o esquema de corrupção desvendado pela Polícia Federal foi cassado em Dourados. Agora foi a vez de Júlio Artuzi (PRB), que é tio do ex-prefeito que renunciou ao mandato, Ari Artuzi, também apontado como envolvido no mesmo processo.

Mesmo com a defesa alegando que as provas apresentadas contra o ex-vereador seriam ilegais, ele só não teve voto de Juarez Amigo do Esporte (PRB), que foi impedido de votar por pertencer à mesma coligação de Júlio.

A sessão começou às 9hs e encerrou às 13h30. Inicialmente foi lido todo o relatório elaborado pela Comissão Processante e em seguida advogados do até então vereador tiveram duas horas para fazer a defesa, antes da votação.

Julio Artuzi é um dos que aparece nas gravações feitas por Eleandro Passaia, recebendo dinheiro de propina. Os advogados usaram os mesmos argumentos de outros acusados, de que o ex-secretário de Governo de Ari Artuzi não estaria credenciado para fazer investigações por não ser agente policial.

De nove vereadores titulares e um suplente, presos sub acusação de envolvimento na Uragano, três já foram cassados; outros três renunciaram; o suplente não foi investigado pelas comissões e pode retornar ao Legislativo assim que vencer o prazo da suspensão e três ainda serão levados à julgamento.

Paulo Henrique Bambu (DEM) será submetido à votação de cassação na manhã desta sexta-feira, Aurélio Bonatto (PDT) no período da tarde e Marcelo Barros (DEM), na próxima semana.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Mistura de queimadas com frente fria explicam dia cinza em MS
TEMPO

Queimadas com frente fria explicam dia cinza em MS

Raio-x flagra mulher com 50 cápsulas de cocaína no estômago
SERVIÇO DE MULA

Mulher é presa com cápsulas de cocaína no estômago

TJ mantém condenação de homem por violência doméstica após reconciliação
TRÊS MESES DE PRISÃO

TJ mantém condenação de homem por violência doméstica após reconciliação

Vereadores afastados tomam posse em Dourados
RETORNO

Vereadores afastados tomam posse em Dourados

Mais Lidas