Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

FIC

Verba de investimento em cultura tem aumento

21 DEZ 2010Por Thiago Andrade00h:30

A ano se aproxima do fim e 2011 será de aumento nos investimentos culturais em Mato Grosso do Sul. A publicação da abertura de inscrições para o Fundo de Investimentos Culturais (FIC/MS) trouxe acréscimo de R$ 200 mil, totalizando R$ 1,2 milhão. A Fundação Municipal de Cultura (Fundac) também contará com aumento de acordo com o orçamento para 2011, que teve incremento total de 16,85%, aprovado pela Câmara Municipal de Campo Grande. O valor não foi revelado pelo presidente do órgão, Roberto Figueiredo, pois o documento ainda precisa ser sancionado pelo prefeito Nelson Trad Filho.

O fundo disponiblizado pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) não sofria alterações há três anos e já trazia descontentamento a parte dos produtores culturais, para quem o valor era insuficiente para suprir as necessidades do setor. “Por um lado, é bom saber que existe investimento. Por outro, ele é muito baixo e isso gera dificuldades para as diversas áreas da cultura”, aponta o diretor teatral e produtor Espedito di Montebranco, um dos responsáveis pelo Festival Nacional de Teatro de Campo Grande (Festcamp).

Segundo ele, os R$ 200 mil a mais para o próximo ano ainda estão abaixo do esperado, mas abrem esperança para que haja novos aumentos. “Todo aumento é bem-vindo do ponto de vista financeiro. Embora seja pequeno, temos que levar em conta que novos projetos serão aprovados e esperamos conseguir investir nos já existentes”, pontua Espedito.

Edilson Aspet, gerente do FIC/MS, explica que o aumento busca abrir mais portas para os produtores culturais, sem desequilibrar o orçamento do Governo Estadual e da FCMS. “A produção cultural no Estado cresceu muito e não podemos ignorar isso. O aumento chega em boa hora e favorece a manutenção deste crescimento”, defende. Outras informações sobre o FIC/MS podem ser obtidas no Diário Oficial de 20 de dezembro, pelo site www.imprensaoficial.ms.gov.br.

Leia Também