Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CIDADES

Vendedor assassinado com cinco facadas no portão da residência

Vendedor assassinado com cinco facadas no portão da residência
11/08/2010 07:55 -


Sílvio Andrade, Corumbá

Por motivo fútil, Wagner da Silva Picolomini, 27 anos, matou com cinco facadas o vendedor Leonardo Mendes, 54 anos. A vítima foi encontrada ainda com sinais vitais, no portão de sua residência, na Rua Gonçalves Dias, Bairro Aeroporto. Ele apresentava perfurações no tórax, abdômen, braços e pescoço.
O crime ocorreu por volta de 1h20min de ontem, e o assassino foi localizado por policiais militares, logo depois, com a ajuda de testemunhas. Wagner Silva estava escondido em um terreno baldio e foi achado com a faca que usou para golpear a vítima.
Leonardo foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas morreu duas horas depois, no Hospital de Caridade.
Segundo a polícia, Leonardo Mendes era vendedor de bebidas em domicílio, mas a noite não atendia, o que teria irritado Picolomini. Este chegou à casa da vítima, pediu uma garrafa de aguardente e diante da negativa, golpeou Leonardo. O assassino disse à polícia que foi cobrar uma dívida antiga e decidiu matar o vendedor.
Wagner Silva está evadido do regime semiaberto e foi conduzido para a delegacia de Polícia Civil, que passa a investigar o caso. O delegado Jeferson Rosa autuou-o em flagrante por homicídio doloso qualificado. Wagner deverá aguardar julgamento no presídio da cidade.

Felpuda


O sumiço de algumas figurinhas carimbadas da política não acontece em virtude da necessidade de isolamento como uma das formas de prevenção à pandemia. Em verdade, seria porque não têm mesmo o que e a quem falar. Com o advento das redes sociais, quem acha que fazer campanha eleitoral continua como na época do “eu prometo” está a um passo de ver o sonho de conquistar mandato se transformar em pesadelo. Pelo jeito, não estão nem conseguindo dormir.