Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

IBGE

Vendas no comércio de MS cresceram 1%

12 ABR 2011Por da redação10h:57

Apesar de, em âmbito nacional, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) ter verificado queda de 0,4% nas vendas do comércio varejista em fevereiro, em Mato Grosso do Sul houve aumento de 1% comparado a janeiro de 2010. A variação é da série com ajuste sazonal, ou seja, que considera sazonalidades e o calendário de feriados, como o Carnaval.

Quando avaliado o índice e variação de volume de vendas sem o ajuste, o crescimento foi de 7,1% comparado a fevereiro de 2010, ainda maior que o verificado em janeiro, de 5,3%.

O presidente da Fecomércio e do Instituto de Pesquisa Fecomércio, Edison Ferreira de Araújo, destaca que as medidas de contenção de crédito lançadas pelo Governo Federal para barrar a inflação respingaram sobre as vendas e a Pesquisa de Intenção de Compras já mostra que a população pretendia frear as compras: “Por outro lado, fomos um dos poucos estados em que as vendas continuaram crescendo porque vivemos um processo de aquecimento econômico”.

Em uma avaliação nacional, os técnicos do IBGE verificaram que em fevereiro deste ano, comparado a igual período de 2010, todas as atividades do varejo tiveram aumento de vendas e os destaques, considerando a ordem de importância dos grupos, são: 20,5% para Móveis e eletrodomésticos; 2,3% para Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo; 12,2% em Outros artigos de uso pessoal e doméstico; 13,6% para Tecidos, vestuário e calçados; 7,3% para Combustíveis e lubrificantes; 10,4% para Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos; 14,6% para Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação; e 13,9% em Livros, jornais, revistas e papelaria.

Leia Também