Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

movimentação

Vendas do comércio de MS cresceram 1,3%

12 MAI 2011Por da redação10h:26

A variação nas vendas do comércio varejista de Mato Grosso do Sul ocorrida no mês de março foi de 1,3% comparada ao mesmo período do ano passado, segundo a Pesquisa Mensal do Comércio, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. O índice está abaixo da média nacional, de 4,1%.

No acumulado do primeiro trimestre o salto é de 4,6%, enquanto a média nacional é de 6,9%. O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Mato Grosso do Sul (Fecomércio MS), Edison Ferreira de Araújo, avalia que isso se deve a um conjunto de fatores.

“As pessoas colocaram o pé no freio nos primeiros meses do ano depois de um dezembro de excelentes vendas. Além dos gastos com o Natal, os impostos e matrículas escolares fizeram com que o consumidor retraísse as compras no início deste ano”, avalia.

Além disso, para frear o consumo, o governo federal lançou medidas para contenção do crédito e a taxa básica de juro do País têm subido, com esse mesmo propósito.

Confiança

Em abril a Confederação Nacional do Comércio divulgou o Índice de Confiança dos Empresários do Comércio, que avalia a percepção dos empresários do comércio sobre as atuais condições e investimentos e perspectivas futuras.

Mês passado o índice caiu em 3,6% comparado a março e redução de confiança ocorreu em âmbito nacional. De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), isso reflete justamente o menor nível de atividade.

O cenário muda quando avaliado o porte e atividade das empresas. As que contam com até 50 empregados tiveram redução de 4,2% no índice de confiança e as que têm mais de 50 empregados aumentaram o índice em 19,1%. Além disso, entre as empresas de maior porte, o índice de investimentos saltou 37,9% ao passo em que, entre as menores, caiu 9,1%.

Leia Também