Terça, 20 de Fevereiro de 2018

Vendas diretas ao consumidor crescem 21,2% no primeiro semestre

10 AGO 2010Por 01h:30
     

Os brasileiros estão comprando cada vez mais produtos oferecidos por revendedores autônomos, principalmente, itens para cuidados pessoais, como perfumes, maquiagens, cremes e xampus.

De acordo com levantamento feito pela Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas, esse segmento faturou R$ 11,8 bilhões no primeiro semestre deste ano, o que representa uma expansão de 21,2% na comparação com igual período do ano passado.

Esse desempenho superou as expectativas do setor, segundo o presidente da associação, Paulo Quaglia. "O número de revendedores cadastrados continua aumentando, o que demonstra que o interesse das pessoas pela atividade está em alta. E isso já começa a refletir no faturamento do setor."

De janeiro a junho, o número de trabalhadores nesse ramo de negócios cresceu 16,7% na comparação com o primeiro semestre de 2009 e passou de 2,255 milhões para 2,631 milhões de revendedores. No ano passado, o setor movimentou R$ 21,8 bilhões, com alta de 18,4% em relação ao faturamento de 2008.

Leia Também