Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MERCADO

Vendas de veículos no Brasil crescem 12% em fevereiro

Vendas de veículos no Brasil crescem 12% em fevereiro
02/03/2011 13:14 - REUTERS


As vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus no Brasil em fevereiro subiram 11,96 por cento em relação a janeiro, somando 274,174 mil unidades, informou nesta quarta-feira a associação de concessionários Fenabrave.

Já na comparação com fevereiro de 2010, as vendas cresceram 24,08 por cento. Considerando apenas automóveis e comerciais leves, foram comercializadas 258,841 mil unidades no mês passado, alta de 12,47 por cento sobre janeiro e incremento de 22,46 por cento na relação anual.

No primeiro bimestre, as vendas de veículos totalizaram 519,055 mil unidades, expansão de 19,52 por cento na comparação com os dois primeiros meses de 2010.

O segmento formado por caminhões e ônibus registrou vendas de 15,333 mil unidades em fevereiro, crescimento de 4,06 por cento sobre janeiro e um salto de 60 por cento ante fevereiro do ano passado. No ano, o segmento acumula vendas de 30,068 mil unidades, 42,17 por cento maiores em relação a 2010.

As vendas de motocicletas em fevereiro atingiram 145,316 mil unidades, aumento de 9,23 por cento sobre janeiro e de 20,26 por cento ano a ano. Nos dois meses de 2011, o segmento vendeu 278,351 mil unidades, alta anual de 14,85 por cento.

A Fenabrave manteve as projeções para 2011, que apontam para crescimento de 4,2 por cento nas vendas de automóveis e comerciais leves no fechado do ano, somando 3,468 milhões de unidades. Incluindo caminhões, ônibus e motos, a previsão é de vendas 5,2 por cento maiores, para 5,595 milhões de unidades.

No acumulado de 2011, a Volkswagen lidera o segmento de automóveis e comercias leves, com vendas de 108,908 mil unidades, equivalentes a uma participação de mercado de 22,27 por cento. A Fiat aparece em segundo lugar, com 21,98 por cento do setor e vendas de 107,467 mil unidades.

A General Motors registrou 87,448 mil emplacamentos no ano até agora, ficando com fatia de 17,88 por cento, seguida pela Ford, com vendas de 46,608 mil unidades e 9,53 por cento do mercado. A Renault vendeu 24,113 mil unidades no bimestre, com participação de 4,93 por cento.

No segmento de caminhões, a Volkswagen também ocupa a liderança em vendas nos dois primeiros meses do ano, tendo comercializado 7,544 mil unidades, o equivalente a 30,27 por cento do mercado.

A Mercedes-Benz vendeu 6,522 mil unidades no período, respondendo por 26,17 por cento do mercado. Na sequência ficaram Ford, com 4,707 mil unidades vendidas e 18,88 por cento de participação, e Volvo, com 2,175 mil caminhões vendidos e fatia de 8,73 por cento.

Felpuda


Em uma das eleições em MS, candidato já oficializado na convenção corria o trecho para conquistar os eleitores. Mal sabia, porém, que time do seu partido e de aliados estava tramando sua derrubada para emplacar substituto que teria mais votos. Por muito pouco, o dito-cujo não foi guilhotinado, conseguindo salvar o pescoço. Agora tudo indica que o mesmo processo estaria em andamento e seria mais fácil, pois a “vítima” desta vez ainda é só pré-candidato. Dizem que a “turma da trairagem” tem know-now no assunto.