Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ECONOMIA

Vendas continuam aquecidas no comércio

Vendas continuam aquecidas no comércio
15/09/2010 13:49 -


Edivaldo Bitencourt

Vendas no varejo cresceram 16,2% em julho deste ano em relação ao mesmo período do ano passado em Mato Grosso do Sul, conforme a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O percentual é o 7º maior entre as 27 unidades da federação e acima da média nacional de 10,9%.
No Brasil, conforme o órgão, o comércio varejista teve aumento de 0,4% em julho em relação a junho deste ano, acumulando alta pelo terceiro mês positivo. No estado, considerando-se o ajuste sazonal, houve queda de -0,4% em relação ao mês anterior. É o segundo resultado negativo consecutivo.
Já se for considerar os sete meses deste ano, as vendas cresceram 11,4% em volume no País. A receita nominal das lojas acumula alta de 14,5% no mesmo período.  O setor de hipermercados e supermercados cresceu 10,5%; o de móveis e eletrodomésticos, 19,3%; do vestuário, de 10,3%; material de construção, 15,6%; e de equipamentos de informática e para escritório, 25%.
Nilo Lopes de Macedo, coordenador de serviços e comércio do IBGE, ressalta que o comércio varejista tem apresentado taxas de crescimento cada vez menores, mas isso não deve resultar, mais à frente, em retração do setor. “Estamos caminhando para terminar o ano com avanço de 9%”, prevê.

Felpuda


Considerados “traíras” por terem abandonado o barco diante dos indícios da chegada da borrasca à antiga liderança, alguns pré-candidatos terão de se esforçar para escapar da, digamos assim, vingança, velha conhecida da dita figurinha. Dizem por aí que há promessas nesse sentido, para que os resultados dos “vira-casacas” nas urnas sejam pífios. Sabe aquela velha máxima: “Pisa. Mas, quando eu levantar, corre!” Pois é...