Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

VEÍCULOS

Vendas caem com fim de versões antigas

Vendas caem com fim de versões antigas
08/03/2014 11:30 - FOLHAPRESS


Com as aposentadorias do Gol G4 e do Uno Mille, as vendas dos dois modelos líderes de mercado encolheram, em média, 30% no mês passado. O compacto da VW foi o que sofreu a maior queda. Passou de 21,6 mil emplacamentos em janeiro para 14 mil em fevereiro. Nem a chegada do subcompacto Up! (2.115 unidades) foi suficiente para cobrir o "buraco", já que o novato ainda ganha escala de produção. Já o Fiat viu suas vendas caírem no período de 13,6 mil unidades para 10,4 mil. Mas a montadora, para não perder o posto de carro mais barato do país, assim que aposentou o Mille, reposicionou o Palio Fire, que agora parte de R$ 24.790. O Mille e o Gol G4 saíram de linha por não possuírem airbag e ABS de série, obrigatórios por lei desde o início do ano. Suas vendas eram somadas às das versões mais modernas de seus respectivos modelos.

O encolhimento das vendas, porém, foi generalizado. Dos 20 carros mais comercializados do país, mais da metade teve a procura reduzida. Segundo Flávio Meneghetti, presidente da Fenabrave (associação das concessionárias), muitos consumidores anteciparam a compra em janeiro para aproveitar as últimas unidades em estoque com o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) reduzido. Mesmo assim, foram emplacados em fevereiro 245,9 mil automóveis e comerciais leves, alta de 10,5% em relação ao mesmo período do ano passado. No acumulado do ano, o saldo também é positivo (5%). As grande surpresas entre os mais vendidos foram as picapes compactas. A Fiat Strada, que ganhou opção de cabine dupla com três portas, foi o segundo automóvel do ranking, com 13,4 mil emplacamentos -apenas 612 unidades a menos que o líder VW Gol.

A VW Saveiro subiu uma posição na lista, passando a 12º, e a Chevrolet Montana, em 20º, foi o modelo que apresentou o maior crescimento comercial da pelotão (+23%).
No segmento dos hatches médios, o destaque de fevereiro foi o Focus (1.988 unidades), que ultrapassou o VW Golf (1.665) e o Chevrolet Cruze (1.340). Entre as montadoras, a Fiat mantém a liderança (22,2%), seguida por VW (17,9%), Chevrolet (17,7%), Ford (9,2%), Renault (6,8%) e Hyundai (6,4%).
 

Felpuda


O sumiço de algumas figurinhas carimbadas da política não acontece em virtude da necessidade de isolamento como uma das formas de prevenção à pandemia. Em verdade, seria porque não têm mesmo o que e a quem falar. Com o advento das redes sociais, quem acha que fazer campanha eleitoral continua como na época do “eu prometo” está a um passo de ver o sonho de conquistar mandato se transformar em pesadelo. Pelo jeito, não estão nem conseguindo dormir.