Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ECONOMIA

Venda de veículos cresce 62% em MS e bate recorde

Venda de veículos cresce 62% em MS e bate recorde
06/04/2010 21:43 -


VERA HALFEN

 

Março bateu recorde histórico nas vendas de veículos em Mato Grosso do Sul. As concessionárias comemoram o incremento de 62,4% nas vendas no mês passado sobre fevereiro, que fugiu à expectativa mais otimista, de acordo com o presidente da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores de Mato Grosso do Sul (Fenabrave/MS), Luiz Antônio de Souza Campos. Na comparação de março com o mesmo período de 2009, os índices também foram elevados, registrando aumento de 36,3%. No primeiro trimestre de 2010, comparado a 2009, o incremento atinge 25,4%.

De acordo com Campos, a explosão de vendas em março está ligada a vários fatores, entre eles, grande número de dias úteis (23), sem feriados. Já fevereiro teve 18 dias. Outro item que contribuiu para a expansão das vendas foi o fim iminente da redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), sobre veículos de 1.0 a 2.0, aliado aos prazos de financiamentos estendidos. Ele frisa que existem algumas unidades nas lojas, de carros 1.6, que serão vendidas nas mesmas condições oferecidas em março.

O presidente da Fenabrave/MS destaca que muitas pessoas anteciparam a compra do carro novo e, por conta disso, em abril, as vendas devem recuar em torno de 30%. "Em março, vendemos 4.197 veículos e comerciais leves em todo o Estado. Em abril, esse total deve recuar para um número em torno de três mil", calcula.

 

Campanhas

Por outro lado, Campos explica que as vendas dos veículos nos dois últimos dias de março entram nas estatísticas de abril, deixando de contar no mês passado para entrar como venda em abril. "Isso vai aumentar o número de veículos neste mês. É que as estatísticas são feitas em cima de emplacamentos e, no início de abril, tivemos o feriadão". Ele acredita que as montadoras, junto com as concessionárias, devem fazer algum tipo de campanha para continuar o ritmo das vendas.

Felpuda


Figurinha começou a respirar aliviada, embora ainda esteja na corda bamba. Isso porque mudou de mãos o processo cuja sentença poderá mandá-la para casa definitivamente. Assim, pela “jurisprudência” com a qual o “analista” é conhecido, pode ser que o resultado seja bastante favorável, permitindo que a então desesperada pessoa continue com o assento em Brasília. Vamos ver!