Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 18 de dezembro de 2018

Tecnologia

Venda de passagens de ônibus pela web conquista clientes e gera lucro

1 MAI 2011Por G121h:57

Comprar passagens aéreas e ingressos de teatro e shows pela web já é um serviço muito conhecido pelo público. Agora, a novidade é comprar passagem de ônibus pela internet. O novo serviço acaba com a obrigação de ir antes até a rodoviária garantir a passagem. A facilidade conquista novos clientes e gera bons lucros para quem investiu no negócio.

O empresário Fernando Andrade criou um site para vender passagens de ônibus. O cliente compra passagem e recebe o bilhete em casa. A empresa apostou na facilidade do serviço pela internet.

O cliente escolhe o itinerário, a data, o assento e faz a compra de casa, na hora. Para Andrade, é um mercado novo e carente. “Não é como o avião, são poucas as empresas ainda hoje que vendem pela internet, porque tradicionalmente essas empresas construíram suas plataformas para vender nos guichês.”

Andrade também é sócio da maior empresa privada de entregas do Brasil e aproveitou a estrutura existente para o serviço de venda de passagens. O investimento no novo negócio foi de R$ 2 milhões de reais. Com o dinheiro, ele desenvolveu e testou o sistema de vendas.

“Como a gente já tem essa estrutura montada, o produto que a gente pode oferecer hoje fica muito mais em conta. São milhares de entregas feitas no país”, diz.

A empresa unifica as vendas das passagens em um só site. O cliente tem duas opções: retira a passagem depois no guichê da rodoviária ou solicita o bilhete em casa. A taxa desse serviço varia de R$ 5 a R$ 15.

Mais de 90% das pessoas compram passagens de ônibus nos guichês dos terminais. Em geral, elas vêm aqui duas vezes – uma para comprar a passagem, outra na hora de embarcar, dobrando os gastos e o tempo com o deslocamento.

A empresa quer conquistar esse imenso mercado com uma proposta objetiva: trocar as filas e a demora pela facilidade de comprar sem sair de casa. Hoje, existem 14 empresas de ônibus cadastradas no site. São 40 bilhetes vendidos por dia, em todo o Brasil. Até o final de 2011, a projeção é cadastrar mais 36 empresas e vender 600 passagens por dia.

“Para isso, a gente fez uma aliança recente com um dos maiores portais da América Latina, que vai nos permitir atingir milhões de pessoas”, diz Andrade.

Ingressos de teatro
Comprada pelos empresários Claudio Cruz e Everaldo Ramos, em 2010, uma empresa que existe há cinco anos se especializou em vender ingressos de teatro pela internet.

Segundo os empresários, a estratégia é conquistar mercado, oferecendo comodidade. “É diferente porque quando você vem comprar, entra no nosso site, você tem um mapa da casa, você visualiza onde é a melhor localização que você quer sentar, mais próximo do palco, numa poltrona ou camarote. Selecionando o local, automaticamente ele fica bloqueado em todos os outros canais de venda”, explica Everaldo Ramos.

O site também vende ingressos de shows e palestras. Para quem quer mais informações, a empresa conta com uma central de atendimento por telefone. Outro serviço são os pacotes especiais. “A gente faz combinações de pacotes que são vendas para grupos, vendas para empresas. Esses pacotes contemplam inclusive jantares antes ou depois da atração, como um complemento, como um programa de entretenimento e cultura”, diz Ramos.

A empresa fatura com uma porcentagem sobre as vendas. Em média, cobra do cliente 10% sobre o valor de compra. Um programa de computador fornece um relatório completo e on line sobre o que está sendo vendido. No último ano, as vendas pelo site subiram de 2 mil para 50 mil ingressos por mês.

“Nós acreditamos na consolidação desse segmento. Nos próximos dois anos [a estimativa é] que a gente consiga crescer e consolidar o dobro da capacidade que a gente tem hoje. Então tem muito mercado aí pra gente explorar”, afirma Ramos.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também