segunda, 23 de julho de 2018

Veja "truques" para evitar a ressaca no fim de ano

30 DEZ 2008Por 12h:37
     

 

Como tudo no fim de ano é motivo para várias saideiras, o fígado pode não suportar os últimos brindes. Não exagerar na bebida alcoólica é o melhor caminho. Mas, para aqueles que erram na dose, algumas dicas, como tomar uma colher de azeite antes de partir para a comemoração, podem garantir um dia seguinte menos problemático.

 

"O fígado precisa de um tempo para conseguir metabolizar o álcool, mas muitas vezes as pessoas exageram, bebendo mais do que o órgão consegue metabolizar. Beber com o estômago vazio é ruim, porque o álcool cai muito mais rápido na circulação sangüínea. Já quando a pessoa bebe depois de ter se alimentado, esse álcool cai mais lentamente e o fígado vai metabolizando aos poucos. 

 

Um hábito que pode salvar o festeiro da ressaca é tentar lembrar de se hidratar, bebendo água para diluir e amenizar os efeitos do álcool no organismo. 

 

Evitar comemorações em locais fechados, principalmente naqueles em que há muitos fumantes, também é aconselhável. "A dor de cabeça é um sinal de que o efeito tóxico do álcool atingiu o sistema nervoso central. O álcool, misturado ao monóxido do cigarro, por exemplo, aumenta a intoxicação, porque a pessoa fica sob o efeito de duas substâncias tóxicas", explica o cardiologista Ricardo Pavanello, do Hospital do Coração de São Paulo.

 

Com informações do Terra

Leia Também