Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Carnaval

Veja os 'dez mandamentos' para evitar problemas do coração

28 FEV 14 - 00h:00Blog da Saúde

Carnaval é época de muita diversão, mas também é um período crítico para o coração, graças aos excessos cometidos pelos foliões. Uma prova disso é o aumento de 20% nos casos de ataques cardíacos e derrames, causados pelo consumo excessivo de álcool, cigarro, drogas e alimentação incorreta. Por isso, tanto as pessoas saudáveis como as que já tiveram problemas cardíacos devem ficar atentas a qualquer sintoma estranho, como cansaço exagerado, falta de ar, dor no peito, tonteira e palpitações.

Para alertar a população sobre os cuidados que devem ser tomados antes e durante o Carnaval, o Instituto Nacional de Cardiologia (INC) elege os “dez mandamentos” a serem seguidos para não sobrecarregar o coração.

1. Todo excesso será castigado
Quem pretende cair na folia e já teve problemas no coração deve consultar um cardiologista para garantir a boa performance durante a festa. Não é proibido que hipertensos, diabéticos e pessoas com doença valvar ou nas coronárias brinquem durante o período. Esses foliões devem realizar exames clínicos, eletrocardiograma, teste ergométrico e exames de sangue para verificar se a saúde está em dia. Com resultado satisfatório, pular Carnaval está liberado!

2. É do check up que elas gostam mais
O Carnaval é uma verdadeira maratona de atividades físicas. E antes de fazer qualquer exercício, mesmo para quem sempre foi saudável, é recomendado procurar um médico para avaliar seu condicionamento físico e as taxas do organismo. Ainda mais tantos exercícios como nos dias de folia, que podem levar ao desgaste extremo.

3. Exercitar-se é preciso
Aqueles que vão sair atrás de bloco ou desfilar em escola de samba devem se preparar. É recomendado fazer exercícios físicos durante 40 minutos, cinco vezes por semana. Caminhadas intercaladas com pequenas corridas, hidroginástica e esteira ou bicicleta são boas opções para auxiliar na melhora do condicionamento.

4. Cachaça não é água não
Mantenha sempre o organismo hidratado. Além de muita água, é indicada a ingestão de isotônicos, água-de-coco e suco de laranja ou de abacaxi com hortelã.

5. O dia já vem raiando e o calor também
O calor tropical faz muita gente passar mal diariamente. A incidência do sol forte por horas e a aglomeração de foliões podem provocar queda na pressão arterial, com dores de cabeça e até desmaios. Por isso, além de ter sempre uma garrafinha de água à mão, use roupas leves e procure lugares com sombra para se abrigar durante o percurso dos blocos.

6. ‘Larga mão’ desse feijão
Nada de abusar da feijoada! No Carnaval, muitos se esquecem de consumir alimentos saudáveis, como saladas e pratos leves, que as altas temperaturas do verão pedem. O consumo de gorduras aumenta o colesterol, que é um dos fatores de risco para o infarto.

7. Yes, nós temos lancheiras
Para quem vai pular de um bloco para o outro e terminar o dia na Marques de Sapucaí, é mais saudável levar o seu sanduíche de casa. Outras dicas leves e práticas são as frutas, que alimentam e ajudam a hidratar, como abacaxi, melancia, melão, pêra, maça e tangerina. Frutas secas como passas, damasco e ainda as castanhas, que não ocupam muito espaço dentro da bolsa, são muito nutritivos.

8. Nem Rei Momo, nem Pierrô
Do mesmo jeito que as pessoas abusam na alimentação, uma atenção especial vai para quem fecha a boca com a intenção de perder uns quilos. Não dê ouvido a dietas milagrosas, que prometem a perda de peso em poucos dias. Fechar a boca na semana anterior ao Carnaval não resolve e ainda deixa o organismo fraco, o que pode ocasionar uma hipoglicemia (perda de açúcar no sangue), comprometendo as atividades que exigem esforço.

9. A pressão arterial não sobe mais
A emoção descontrolada pode elevar a pressão arterial, o que é um perigo para o coração. O hipertenso deve reduzir o sal e consumir frutas que tenham potássio, como banana, laranja, melão, caju e frutas secas. É importante verificar sempre a pressão e mantê-la sob controle. Algumas dicas são retirar o saleiro da mesa, usar leite desnatado e seus derivados (sem sal), comer peixe pelo menos duas vezes na semana, dar preferência às carnes brancas e carne magra de boi e evitar temperos industrializados.

10. Só risos e alegria
Em caso de estresse, procure controlá-lo. O Carnaval é uma festa e acontece apenas uma vez por ano, então lembre-se disso e respire fundo antes de perder a paciência. Caminhadas diárias por pelo menos por 30 minutos ajudam a acalmar. Aliás, a atividade física com orientação é sempre um bom remédio. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

GOVERNO

Bolsonaro e advogado de Flávio fazem encontro fora da agenda no Alvorada

Advogado ficou cerca de 2h30 no local
TÊNIS

Em Guangzhou, Kenin supera Stosur na final e comemora terceiro título da carreira

Com o triunfo na China, a norte-americana deverá subir para 17ª posição
BRASIL

STJ autoriza acréscimo de sobrenome do cônjuge após casamento

Certidão de casamento poderá ser retificada pelo cartório de registro civil
FUTEBOL ESPANHOL

Barcelona perde do Granada por 2 a 0 e fica longe do líder Sevilla no Espanhol

Atlético de Madrid também já jogou na rodada

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião