Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

PAULO COELHO MACHADO

Veia extra salva vida de criança baleada

3 SET 10 - 20h:08
bruno grubertt e valdenir rezende

O menino de 12 anos, baleado na noite da última segunda-feira quando andava pelas ruas do Bairro Paulo Coelho Machado, em Campo Grande, foi salvo por ter em seu organismo uma veia a mais que irriga o seu rim — órgão que foi perfurado por um dos dois tiros. O mais comum é que se tenha apenas uma veia, mas, em casos raros como o da criança, o órgão pode ter duas.
Como uma das estruturas foi atingida pelo tiro, não irrigava mais o órgão, que foi mantido em funcionamento pela veia renal acessória. De acordo com a médica Magali Sanches Machado, que participou da cirurgia do menino, a situação é chamada de “anomalia anatômica” e, se o paciente não portasse o segundo vaso sanguíneo, poderia ter perdido o rim por falta de irrigação e até morrido. “O menino teve muita sorte”, disse a profissional. O paciente, que sofreu uma hemorragia grave por conta dos ferimentos causados pelos disparos, foi operado no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul.
Outro médico, Adriano Machado Rocha, urologista e responsável pela cirurgia, disse que o atendimento rápido também foi importante para manter o menino vivo. “A veia acessória foi um dos motivos, mas a prioridade que foi dada a esse paciente pelas pessoas que o atenderam antes da cirurgia também foi responsável por esse menino ter sido salvo”, disse o médico.
A mãe da vítima, Luciane Ferreira, de 32 anos, acredita que o fato de a vida de seu filho ter sido salva pela segunda veia “é um milagre”. “O médico disse que é raro isso acontecer, e, graças a Deus, meu filho está bem”, disse a mãe, aliviada. Ontem à tarde, ele continuava sob observação no Hospital Regional e passava bem.
Adolescentes acusados de ter participado de uma briga, que resultou na troca de tiros e no ferimento do menino, informaram à polícia que alugaram a arma usada no crime por R$ 50. Os jovens, um de 15 e outro de 17 anos, foram apreendidos na segunda-feira (30) e já havia cometido vários assaltos.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Justiça nega pedido para instalação de barreiras contra o óleo no litoral de Sergipe

BRASIL

Palácio tenta 'trégua' com ala bivarista

BRASILEIRÃO 2019

Presidente do Santos quer reunião com Ceará para repudiar atos racistas

Bombeiros encontram corpo de 8ª vítima de desabamento em Fortaleza
BRASIL

Bombeiros encontram corpo de 8ª vítima de desabamento em Fortaleza

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião