Terça, 20 de Fevereiro de 2018

AGRICULTURA

Vazio sanitário da soja termina e plantio pode começar

1 OUT 2010Por 14h:17

ROSANA SIQUEIRA

 

Com a chegada das chuvas e o fim do vazio sanitário da soja, os produtores sul-mato-grossenses devem iniciar o plantio da cultura. Neste ano a perspectiva é que sejam cultivados no Estado, 1,7 milhão de  hectares da oleaginosa. Os dados são da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul). O período conhecido como vazio sanitário, nada mais é, do que deixar os campos limpos para evitar o aparecimento de uma doença chamada ferrugem asiática da soja.

De acordo com o engenheiro agrônomo da Federação, Lucas Galvan, o plantio deve começar mesmo só na segunda quinzena de outubro, como recomendado pelo zoneamento agrícola de risco climático do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA. O zoneamento agrícola se baseia na média histórica de chuvas para fazer as previsões sobre as melhores épocas para o plantio. Segundo Galvan, o que acontece é que apenas os produtores que respeitarem a recomendação terão acesso aos instrumentos de política agrícola, como crédito rural e seguro rural. “Quem vai plantar com recursos próprios pode iniciar o plantio. Mas para este ano todo cuidado é pouco, uma vez que as previsões dos meteorologistas indicam que haverá uma estiagem em janeiro por conta da influência do fenômeno La Ninã”, explica.

Leia Também