quinta, 19 de julho de 2018

Vaticano pode proibir aglomerações para evitar gripe suína

24 JUL 2009Por 16h:12
     

        O Estado do Vaticano está disposto a suspender concentrações maciças de pessoas, se considerar que a expansão da gripe suína pode pôr em risco a saúde dos habitantes do Estado e do próprio papa.  Assim assegurou o professor Giovanni Rocchi, diretor de Saúde e Higiene do Estado da Cidade do Vaticano, que disse que a gripe "não assusta" por enquanto. Segundo ele, porém, "pouco alarmismo" não significa que o Vaticano não esteja se preparando para enfrentar o novo vírus.

        Com informações do Estadão

Leia Também