quinta, 19 de julho de 2018

Vaticano considera poluição e manipulação genética novos pecados

10 MAR 2008Por 12h:40
     

                O Vaticano divulgou no fim de semana o que considera como novos pecados. Segundo o arcebispo Gianfranco Girotti, número 2 do Vaticana, os danos ambientais estão incluídos na lista. Segundo o arcebispo, o maior perigo está na bioética.

                 

                "Dentro da bioética há áreas onde devemos absolutamente denunciar algumas violações dos direitos fundamentais da natureza humana, por meio de experiências e da manipulação genética, cujos resultados são difíceis de prever e controlar", afirmou.
                

                O Vaticano é contra pesquisas com células-tronco embrionárias e alerta contra a possibilidade da clonagem humana.  Nos últimos meses, o papa Bento 16 fez vários apelos enfáticos pela proteção do meio ambiente, dizendo que questões como a mudança climática se tornaram muito importantes para toda a humanidade.
                
                Com informações do Estadão

Leia Também