Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

VIRADA

Vasco vence Prudente e alivia tensão de treinador

4 NOV 2010Por TERRA22h:44

Depois de um início de semana conturbado, em que o cargo do técnico Paulo César Gusmão foi colocado à prova, o Vasco conseguiu apagar a confusão externa e retomou o caminho das vitórias no Campeonato Brasileiro após três rodadas de jejum. Na noite desta quinta-feira, o clube de São Januário venceu o Grêmio Prudente por 2 a 1 e aliviou a situação do treinador.

O grande herói do confronto no Rio de Janeiro acabou sendo o volante Rômulo. Autor de dois gols, o jogador promoveu a reviravolta do Vasco no duelo. O clube de São Januário, já pressionado pela torcida, passou a ser perseguida depois de os paulistas abrirem o marcador logo no início do duelo. No entanto, diante do lanterna, o Vasco se impôs e conseguiu os três pontos.

O resultado positivo faz o Vasco terminar a 33ª rodada da Série A com 45 pontos. A vitória deixa o time alvinegro uma posição acima da qual iniciou a jornada - 11º. Em contrapartida, o Grêmio Prudente conta os jogos para se despedir da elite do futebol nacional. Com somente 24 tentos somados e na lanterna, o clube do interior paulista já sofre com uma desvantagem de 12 em relação ao Guarani, primeiro clube fora da zona do rebaixamento.

Embalado pela vitória, o Vasco volta a campo no próximo final de semana para um clássico. No domingo, a partir das 19h30 (de Brasília), a equipe de PC Gusmão terá pela frente o líder Fluminense, no estádio do Engenhão. Por outro lado, o Grêmio Prudente buscará a reabilitação diante do Goiás na mesma data, mas às 17h.

Precisando da vitória para aliviar a situação de PC Gusmão, que chegou a afirmar que não estava à vontade no clube, o Vasco começou a partida pressionando, mas sofreu um castigo logo aos 9min. Depois de perder pelo menos duas oportunidades claras de gol, o time de São Januário viu Adriano Pimenta receber pela ponta esquerda, driblar dois zagueiros e chutar de bico para fazer 1 a 0.

Atrás no marcador logo com 10min, o Vasco sofreu com algumas manifestações de insatisfação nas arquibancadas. E, pressionado, o clube de São Januário dependeu da habilidade e experiência do meia Felipe para reagir. Do pé canhoto do camisa 6, a equipe carioca conseguiu reverter o marcador de uma maneira impressionante.

Aos 29min, Felipe cobrou falta para dentro da área e viu o goleiro Sidney errar na saída. Bem posicionado, o volante Rômulo antecipou ao camisa 1 do Grêmio Prudente e empatou. Dois minutos depois, em jogada praticamente semelhante, o mesmo meio-campista venceu novamente a defesa adversária pelo alto para virar o marcador.

A vantagem trouxe a tranquilidade necessária para o Vasco administrar até o final da primeira etapa. A qualidade técnica superior e o apoio da torcida fez o time de PC Gusmão controlar a partida e amenizar qualquer tipo de pressão do Grêmio Prudente.

Durante a segunda etapa, precisando do resultado, o time paulista externou o desânimo que aproxima o Grêmio Prudente do rebaixamento à Série B. Melhor em campo, o Vasco ficou próximo de marcar o terceiro gol por diversas oportunidades. A melhor delas ocorreu logo aos 7min, quando Zé Roberto tentou tocar de letra dentro da área, mas furou e viu a bola ultrapassar toda a área.

Em desvantagem no marcador, o Grêmio Prudente tentou pressionar o Vasco. Todavia, uma fraca atuação do setor de criação e, especialmente dos atacantes, impediu o time paulista de buscar o empate. Melhor para o time carioca, que segurou o resultado construído na primeira etapa, aliviando a situação de Paulo César Gusmão.

Leia Também