Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 16 de dezembro de 2018

TAÇA RIO

Vasco vacila e perde do Macaé em estreia

5 MAR 2011Por ESTADÃO00h:00

Foram três goleadas sob o comando de Ricardo Gomes e a esperança da torcida do Vasco renasceu para a disputa da Taça Rio. Mas a carruagem virou abóbora, nesta sexta-feira, em Macaé. A equipe cruzmaltina visitou o time do Norte Fluminense e foi derrotado por 3 a 1, e inicia o segundo turno do Campeonato Carioca da mesma forma que o primeiro, com derrota para um time de menor expressão.

"Demos muitos espaços, perdemos a compactação e saímos com a derrota", disse Elton, que fazia sua reestreia na equipe e deixou sua marca. "Vamos lutar pela vaga. Vencemos uma grande equipe e isso nos dá confiança", comemorou o goleiro Lugão, do Macaé.

Foi uma primeira etapa movimentada, com as equipes buscando o gol e inevitavelmente deixando espaços na defesa. O resultado foram dois gols e algumas boas oportunidades desperdiçadas. Logo a 1 minuto, Bill obrigou Fernando Prass a fazer boa defesa.

Após a parada técnica, o ritmo acelerou. Marcel cabeceou com perigo aos 23, mas Lugão fez ótima intervenção. Aos 30, Marcos Tamandaré anotaria, mas em posição irregular e o lance foi invalidado. O gol macaense viria três minutos depois. Bill cruzou na medida para Luis Mário se antecipar à marcação de Ramon e testar firme no canto superior direito de Prass.

O Vasco quase empatou aos 37. Rômulo entrou cara a cara, mas Lugão fechou bem o ângulo e fez a defesa. Dois minutos depois, o segundo gol dos donos da casa. Siston recebeu bom passe e tocou por cima de Prass.

O técnico Ricardo Gomes chacoalhou o time no intervalo; sacou Jéferson e Marcel e promoveu as estreias de Bernardo e Elton. O primeiro entrou com muita disposição a ajudou na pressão inicial que resultaria no gol do segundo. Aos sete, Eder Luis fez boa jogada e serviu Elton, que chutou bem de primeira para diminuir. Aos 16, porém, Ramon freou a reação vascaína. Ele chutou Luis Mário em disputa de bola, já fora do campo, e foi expulso.

Mesmo com um a menos e debaixo de uma chuva torrencial, o Vasco não arrefeceu e o Macaé recuou em demasia. Mas foram escassas as chances de gol cruzmaltinas. Eder Luis e Fágner perderam boas chances em chutes cruzados pela direita, nada além disso. Nós acréscimos, o Macaé matou o jogo no contra-ataque. Bill recebeu e de longa distância encobriu Prass, em um belíssimo gol.

Na próxima rodada, o Vasco vai encarar o Duque de Caxias, na quarta-feira, às 21h50, em São Januário. O Macaé jogará no mesmo dia, mas às 16 horas, diante do Americano, no Estádio Godofredo Cruz, em Campos.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também