Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ESPORTES

Vasco e Botafogo decidem o título hoje

Vasco e Botafogo decidem o título hoje
21/02/2010 07:43 -


O campeão da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca, será conhecido hoje, às 16h (MS), quando Vasco e Botafogo se enfrentam no Maracanã, no Rio de Janeiro. O Cruzmaltino, que eliminou nos pênaltis o Fluminense nas semifinais, após empate sem gols no tempo normal, chega mais credenciado, pois fez a melhor campanha da fase de classificação, quando massacrou o próprio Glorioso por 6 a 0. Além disso, o time de São Januário tem melhores valores individuais que o rival. Se o Vasco se agarra no presente, a principal aposta do Botafogo é o histórico, seja recente ou mais antigo. O Glorioso jamais perdeu uma decisão para o Cruzmaltino e na última vez que se enfrentaram em uma final de Taça Guanabara, os botafoguenses fizeram 1 a 0, em 1997, gol do ex-zagueiro Gonçalves. Além disso, o desempenho do Botafogo, que luta pelo bicampeonato, tem sido impressionante. Ele esteve presente nas últimas nove finais consecutivas possíveis do Estado, contando Taça Guanabara, Taça Rio e o próprio Estadual. Nas semifinais deste ano, o Alvinegro eliminou o Flamengo com um triunfo, de virada, por 2 a 1. O espírito de decisão já está mexendo com os jogadores dos dois times. Neste cenário existe a clara preocupação em não dar armas ao inimigo. No Vasco, por exemplo, a ordem é esquecer completamente a goleada aplicada nos botafoguenses na fase de classificação. Os cruzmaltinos não querem que os 6 a 0 sirvam de estímulo para o Glorioso. E se o Vasco espera um rival bem diferente do que enfrentou no dia da goleada pode estar certo disso. Pelo menos no discurso dos botafoguenses, que apostam na evolução da equipe para serem campeões. “O Botafogo mudou muito de lá para cá e estamos evoluindo a cada partida. O Joel Santana nos ajudou muito e nós estamos aos poucos recuperando a confiança dos torcedores. Vamos trabalhar neste momento pensando apenas na conquista deste título”, afirmou o goleiro Jéfferson.

Felpuda


Considerados “traíras” por terem abandonado o barco diante dos indícios da chegada da borrasca à antiga liderança, alguns pré-candidatos terão de se esforçar para escapar da, digamos assim, vingança, velha conhecida da dita figurinha. Dizem por aí que há promessas nesse sentido, para que os resultados dos “vira-casacas” nas urnas sejam pífios. Sabe aquela velha máxima: “Pisa. Mas, quando eu levantar, corre!” Pois é...