Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PETROBRAS

Vander Loubet coloca sigilo bancário e fiscal à disposição da Justiça

Vander Loubet coloca sigilo bancário e fiscal à disposição da Justiça
31/03/2011 00:00 - LIDIANE KOBER


O deputado federal Vander Loubet (PT) voltou ontem a colocar seu sigilo bancário e fiscal à disposição da Justiça para investigar o escândalo da Petrobras. O Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou a Procuradoria-Geral da República (PGR) a abrir inquérito contra o petista por indícios de "co-autoria de participação" em um suposto esquema criminoso operado no Governo no Estado, entre 2001 e 2002, na administração de José Orcírio dos Santos (PT).

Na época, o parlamentar era secretário de Estado de Infraestrutura e teria indicado empresas a serem beneficiadas com pagamentos da Petrobras, causando prejuízos à União e aos municípios. "Todos os atos da minha gestão foram feitos com amparo legal, com a aval da Procuradoria-Geral do Estado e da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos)", disse.

Leia mais no jornal Correio do Estado

Felpuda


Em uma das eleições em MS, candidato já oficializado na convenção corria o trecho para conquistar os eleitores. Mal sabia, porém, que time do seu partido e de aliados estava tramando sua derrubada para emplacar substituto que teria mais votos. Por muito pouco, o dito-cujo não foi guilhotinado, conseguindo salvar o pescoço. Agora tudo indica que o mesmo processo estaria em andamento e seria mais fácil, pois a “vítima” desta vez ainda é só pré-candidato. Dizem que a “turma da trairagem” tem know-now no assunto.