quinta, 19 de julho de 2018

Vander chama pacote de obras de "protocolo de intenções"

26 OUT 2009Por 23h:28
     

        Lidiane Kober

         

O deputado federal Vander Loubet (PT) chamou o pacote de obras, lançado no início do mês pelo governador André Puccinelli (PMDB), de "protocolo de intenções". A declaração levou a conta sua teoria de que orçamento do Estado nem sequer da margem para investimentos na ordem de R$ 3 bilhões. "95% dos recursos estão comprometidos com custeio, dívida, poderes e parte é vinculado com ações obrigatórias nas áreas de saúde e educação", explicou. "Então, não tem como sobrar R$ 3 bilhões para investimentos", completou.

A peça orçamentária de Mato Grosso do Sul para 2010 gira na ordem de R$ 8,8 bilhões, sendo que R$ 3 bilhões equivale a 34% do montante.

Leia Também