Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

mudanças

Valter Pereira troca o PMDB pelo PSB

27 MAI 2011Por DA REDAÇÃO13h:45

Egresso do PMDB, partido do qual é um dos fundadores desde à época do extinto MDB (Movimento Democrático Brasileiro), o ex-senador Valter Pereira assinou ontem ficha de filiação ao PSB, legenda presidida nacionalmente pelo governador de Pernambuco, Eduardo Campos. A filiação do ex-senador ao PSB havia sido anunciada pelo jornal O PROGRESSO durante a campanha do ano passado, depois que ele deixou de participar do pleito alegando “manobra” de correligionários peemedebistas que trabalharam em favor da eleição do então deputado federal Waldemir Moka ao Senado.

Valter Pereira perdeu as prévias do PMDB para Moka, o qual acusou de vencer a consulta interna por meio de um esquema de compra de votos. Por causa disso, o ex-senador apoiou a candidatura de Dilma Rousseff ao Palácio do Planalto, de quem foi coordenador de campanha em 2010. Na tentativa de dar o troco, ele preferiu apoiar a candidatura do ex-governador Zeca do PT ao governo estadual e pediu votos para o então deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT) ao Senado, no ano passado. Ao migrar para o PSB, Valter Pereira disse sentir-se honrado em fazer parte de um partido que tem se mostrado fiel aos seus princípios e que reúne em seus quadros, políticos que estão contribuindo para o crescimento do País.

“O Valter Pereira tem uma história política. Ele foi vereador, deputado estadual, deputado federal e um senador atuante que deixou sua marca no Senado. É motivo de orgulho tê-lo como membro do nosso partido”, comemorou Eduardo Campos, ao falar sobre o novo companheiro. “Somos o partido que mais cresceu nas últimas eleições. O Valter Pereira chega ao PSB com a missão de fortalecer ainda mais o nosso partido em Mato Grosso do Sul e prepará-lo para 2012”, acrescentou o presidente nacional do partido.

(com informações do Dourados Agora)

Leia Também