MAL-ESTAR

Valdivia veste camisa do Fla e confirma contato

Valdivia veste camisa do Fla e confirma contato
16/08/2012 16:18 - globoesporte.com


De volta ao time do Palmeiras depois de uma lesão muscular, Valdivia participou da vitória por 1 a 0 sobre o Flamengo, nesta quarta-feira, pela 17ª rodada do Brasileirão. O chileno teve boa atuação, mas chamou mais a atenção depois do apito final. Na saída de campo, parou para dar entrevista e vestiu uma camisa do Rubro-Negro, que havia trocado com um jogador adversário. Questionado sobre o interesse do clube carioca em contratá-lo, afirmou que um contato foi feito.

- Realmente houve um contato, mas não foi direto comigo. Foi com pessoas ligadas a mim - disse.

O Mago, no entanto, vestiu vermelho e preto por pouco tempo. Logo começou a ouvir protestos de torcedores do Palmeiras que ainda estavam na Arena Barueri.
- Vou tirar - afirmou.

A partida contra o Flamengo foi a sétima de Valvidia pelo Palmeiras no Campeonato Brasileiro. A partir da agora, ele não pode mais ser negociado com outra equipe da Série A.

Na semana passada, uma sondagem do Flamengo a Valdivia, não confirmada pelo clube carioca, deixou o presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, irritado. O mandatário comentou o interesse do Rubro-Negro e foi categórico ao falar sobre a permanência do jogador.

- O pessoal do Flamengo me ligou para saber do Valdivia, mas descartei prontamente. Falei que nenhum jogador do Flamengo me interessa, e que o Valdivia não está disponível. Não estou contente com o Flamengo, mais uma vez – disse.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".