Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

PALMEIRAS

Valdivia tem fase mais ativa desde retorno

1 MAR 14 - 12h:00FOLHAPRESS

Desde seu retorno ao Brasil, em 2010, Valdivia nunca foi tão artilheiro e assíduo pelo Palmeiras quanto nesta temporada.

Com o gol anotado diante do São Bernardo, anteontem, o chileno chegou a quatro gols no ano em sete jogos. Em 2010, o camisa 10 foi às redes seis vezes, mas obteve o número em 32 jogos.

Em 2013 e 2011, foram quatro gols. Em 2012, ano em que o clube foi rebaixado no Brasileiro, foram apenas três gols em 36 partidas.

O melhor desempenho de Valdivia como artilheiro tem a ver com uma mudança de posicionamento.

Desde sua chegada ao clube, o técnico Gilson Kleina vem insistindo para que Valdivia jogue mais dentro da área, mas próximo aos atacantes.

"Ele é a nossa cabeça pensante, mas precisa entender a importância de estar mais dentro da área, mais próximo do gol", explica. "Começamos isso com ele no ano passado e ele está entendendo o que estamos passando a ele", afirma Kleina.

Participativo

Com sete participações em onze jogos do Palmeiras na temporada, Valdivia, atualmente, vive sua fase mais ativa pelo clube desde o retorno ao Brasil, em 2010.

O meia tem, em 2014, índice de 63% de participação em jogos. A porcentagem é muito maior do que a do ano passado, quando ele atuou em 27 dos 67 jogos do time no ano participação de 40%.

Em entrevista concedida à Folha de S.Paulo no início do mês, Valdivia credita esta fase mais participativa, e livre de lesões, ao trabalho que faz com o especialista em reabilitação física cubano José Amador, contratado pela seleção do Chile para ajudá-lo a se livrar de dores musculares.

Contudo, apesar do melhor desempenho, Valdivia ainda tem um grande déficit a recuperar no que diz respeito a participações em jogos do Palmeiras.

Desde a volta de Valdivia ao clube, o Palmeiras disputou 254 jogos. Valdivia esteve em apenas em 116 deles, chegando a apenas 47% de participação.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Em um dia, três bolivianas e peruano são presos com cocaína na fronteira
PREJUÍZO AO TRÁFICO

Em um dia, três bolivianas e peruano são presos com cocaína na fronteira

BRASÍLIA

Governo se rende às indicações políticas para aumentar base

BRASIL

Luiz Eduardo Ramos: 'Quero fidelidade ao governo nas pautas para o País'

DOURADOS

Após morte de criança em hospital, polícia investiga suspeita de estupro

Laudo médico encontrou lesão antiga sem relação com o óbito

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião