Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 15 de novembro de 2018

negociação

Valdívia: "No Brasil, só jogo no Palmeiras"

4 AGO 2012Por band00h:00

Outra vez descartado por conta de uma lesão muscular na coxa direita, o meia Valdivia decidiu afastar de vez qualquer possibilidade de deixar o Palmeiras nesse momento. Na tarde desta sexta-feira, a Rádio Jovem Pan divulgou que o diretor de futebol do Rubro-Negro, Zinho, conversou com o gerente do Verdão, César Sampaio, sobre o jogador e que os valores oferecidos agradaram o atleta. Os dois dirigentes não confirmam a negociação.

“No Brasil, só jogo no Palmeiras. Não quero sair para outro clube brasileiro. Tive essa conversa com o Sampaio para ratificar o meu desejo. Estou bem, me sentindo tranquilo, e vou continuar me preparando para ajudar o Palmeiras a sair dessa incômoda situação no Campeonato Brasileiro”, afirmou o Mago, em entrevista ao site oficial.

Segundo nota oficial divulgada pelo Palmeiras, Valdivia teria recusado uma sondagem de um clube do Brasil. O camisa 10 disputou apenas seis partidas no Brasileirão. Assim, poderia se transferir para outro clube da Série A. Pelo regulamento, a transferência só não seria possível se o jogador completasse a sétima partida por uma mesma agremiação.

Valdivia ainda se mostrou chateado com a desconfiança por sua lesão. Isso porque, na última quinta-feira, ele chegou a treinar com bola com os demais companheiros. No entanto, após novos exames, ficou constatado que ele ainda não está totalmente recuperado.

“As pessoas pensam e falam coisas que não sabem, mas existe a lesão. Fiz exames e estou com um edema na coxa esquerda. Fiz um movimento quando fui dar um chute na partida contra o Náutico e estou com a coxa inflamada. Mas estou me cuidando, vindo à Academia sempre em dois períodos e espero voltar já na próxima semana. Meu pensamento está inteiro em ajudar o Palmeiras no Brasileiro e na Copa Sul-Americana”, disse o meia.

Na tarde desta sexta-feira, Valdivia se reuniu com Sampaio para garantir que vai continuar no Verdão. A diretoria agora espera pela recuperação dele.

“Tive uma reunião com Valdivia para saber como ele está. Infelizmente, sentiu dores novamente. Mas não tem nada de Flamengo. A dificuldade maior para ele é a ausência da família. Não tem nada de novo. Ele está triste porque treinou e sentiu a lesão. Vamos recuperar para ele ficar bem para nos ajudar”, afirmou o dirigente.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também