Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 15 de novembro de 2018

MACHUCADO

Valdivia diz que só Felipão pode vetá-lo

21 AGO 2012Por terra00h:00

No desembarque da delegação do Palmeiras nesta segunda-feira no Aeroporto de Congonhas, o meia Valdiva tentou até demonstrar surpresa ao ouvir que está machucado. O atleta disse que sente apenas dores na coxa esquerda e tem vontade de entrar em campo na quarta-feira, contra o Botafogo, pela Copa Sul-Americana, no Rio de Janeiro. No entanto, o jogador repassa a responsabilidade de escalá-lo unicamente para o técnico Luiz Felipe Scolari.

"Depende do treinador se vou jogar. Não gosto de ser poupado", disse o jogador, que precisou ser retirado de maca nesse domingo, no segundo tempo da derrota para o Atlético-GO. O departamento médico alega que sua substituição já estava prevista e apontou ter detectado só cansaço no atleta.

Embora tenha feito de tudo para se mostrar até contrariado com perguntas sobre uma nova contusão, o chileno assume sentir um incômodo na mesma coxa esquerda que o deixou fora de seis jogos antes de voltar a ser escalado na última quarta-feira, quando participou de todo o jogo no qual o time alviverde venceu o Flamengo.

"Machucado? Não estou machucado. Saí com dores musculares e saí para ser preservado (contra o Atlético-GO)", alegou, confessando, porém, uma necessidade de não viajar ao Rio de Janeiro nesta terça-feira. "Não gosto de ser poupado, mas fiquei mais ou menos 20 dias sem jogar. É necessário pensar em como posso pegar ritmo nos jogos. Preciso ter tranquilidade para voltar a adquirir ritmo."

Felipão, responsabilizado pelo atleta por um possível veto, deu a entender em sua entrevista coletiva logo após a derrota para o Atlético-GO que Valdivia é dúvida até para enfrentar o Santos, no sábado, pelo Campeonato Brasileiro, praticamente colocando-o entre os desfalques diante do Botafogo.

Quem está fora do clássico no fim de semana é Thiago Heleno, suspenso por ter recebido três cartões amarelos. E o zagueiro também pode não entrar em campo contra o Botafogo, já que foi sacado nesse domingo, em Goiânia, por não suportar mais as dores na virilha esquerda que passou a sentir ainda no primeiro tempo.

"Senti dores na virilha esquerda ainda no primeiro tempo", relatou, dizendo ter chegado a São Paulo ainda sentindo o incômodo. "Já melhorou bastante, não estou mancando mais como ontem (domingo). Vou fazer exame à tarde, vamos ver se dá para jogar", indicou o defensor.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também