Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

MANÉ GARRINCHA

Valcke elogia gramado e pede segurança

17 FEV 14 - 15h:41FOLHA PRESS

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, afirmou hoje, em entrevista após vistoria do estádio Mané Garrincha, em Brasília, que a polícia deve permitir o acesso dos torcedores aos estádios, evitando que protestos atrapalhem os jogos.

"Para uma manifestação não-pacífica, com pessoas querendo apenas fazer baderna e provocar as autoridades, só há uma maneira de lutar contra isso e a polícia terá que permitir que as pessoas possam ir aos jogos", disse Valcke. "O público torcedor tem o direito de ver o jogo", completou.

Também presente na entrevista, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, minimizou o risco de os protestos atrapalharem o evento e disse que "basta a aplicação da lei".

"Nós não estamos na Copa do Mundo ainda e em uma manifestação no Rio de Janeiro um cinegrafista foi brutalmente assassinado. A lei aplicada levou já à prisão dos dois responsáveis, que serão naturalmente processados e julgados pelo crime que cometeram. Não há porque cogitar medidas que não aquelas previstas em leis no caso das manifestações", disse o ministro.

Gramado

Valcke elogiou o estádio de Brasília após a vistoria e disse que "teremos um gramado em excelentes condições para a Copa" o estádio já havia tido problema com buracos no gramado.

Ele afirmou ainda que amanhã será tomada uma decisão sobre a possível exclusão de Curitiba da Copa, negando rumores que a questão já estaria definida. "Temos uma equipe técnica que vai lá amanhã e vamos dar uma resposta. Apresentarão um relatório final e tomaremos uma decisão".

O representante da Fifa também comentou um problema que atinge Porto Alegre, onde há um impasse sobre os gastos com as estruturas temporárias da Copa. "Se a Fifa vai pagar [estruturas temporárias das cidades], a resposta é não", rebateu Valcke.


Propaganda

Na sala de imprensa do evento da Fifa, dentro do estádio, chamou atenção uma bola de futebol contendo a foto do governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), pré-candidato à reeleição, junto à presidente Dilma Rousseff, ao ex-presidente Lula e ao número 13, usado pelo PT nas eleições.

A bola estava no topo de um pacote com diversas bolas encontrado dentro da sala de imprensa. Das bolas visíveis, apenas uma tinha a propaganda de Agnelo.

Depois de ser fotografado pela imprensa, o pacote foi retirado da sala por um funcionário. A assessoria do governo afirmou desconhecer por que as bolas estavam lá. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Dinheiro público poderá pagar advogado de acusado de corrupção
COBRE SEU SENADOR

Dinheiro público poderá pagar advogado de acusado de corrupção

Conheca os novos modelos HB20: Veja o vídeo.
CORREIO VEÍCULOS

Conheca os novos modelos HB20: Veja o vídeo.

Shopping vai pagar só metade do IPTU; centro de convenções ganha isenção
BOSQUE DOS IPÊS

Shopping vai pagar metade do IPTU nos próximos cinco anos

Prefeito avalia que demorou para organizar cidade
CAPITAL

Prefeito avalia que demorou para organizar cidade

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião