Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 14 de novembro de 2018

REVERENDO MOON

Vai o homem, ficam os sonhos no Sudoeste e no Pantanal de MS

4 SET 2012Por MONTEZUMA CRUZ00h:00

O mundo perdeu um ícone impulsionador de transformações, Mato Grosso do Sul perdeu apenas o homem Sun Myung Moon. Seus projetos lançados há mais de 30 anos nas regiões Sudoeste e no Pantanal e por muito tempo rejeitados terão continuidade, garantiu ontem o presidente da Associação das Famílias para Unificação e Paz Mundial, Neudir Simão Ferrabolli.

O patrimônio da entidade em Mato Grosso da Associação das Famílias no estado está avaliado em mais de R$ 200 milhões.

“O Reverendo Moon aqui não só não foi entendido em seus projetos, como não teve liberdade nem para expô-los adequadamente às autoridades”, lamentou Ferrabolli.

O prefeito de Guia Lopes da Laguna, Jácomo Dagostim (PMDB) decretou luto oficial por dois dias no município. Moon morreu aos 92 anos, sem ter retornado a Mato Grosso do Sul, conforme desejara e manifestara no livro “Um cidadão do mundo que ama a Paz”, lançado em 2009.

Leia mais no jornal Correio do Estado
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também