Sábado, 17 de Fevereiro de 2018

Vágner Love decepciona palmeirenses

22 NOV 2009Por 11h:30
     São Paulo
        Onze jogos e quatro gols. Para quem chegou com a expectativa de brigar pela artilharia do Campeonato Brasileiro, os números são decepcionantes. Vágner Love está como seu time: em queda livre. A contratação era um sonho antigo da diretoria. Quando começou a especulação que poderia voltar ao Palmeiras, muito torcedor imaginou que os cartolas estavam blefando. "O clube não tem todo esse dinheiro", diziam.
        Com o sonho de retornar à seleção brasileira, Vágner Love conseguiu convencer os russos do CSKA Moscou que sua vinda ao Brasil seria benéfica para todos. E ele foi apresentado na Academia de Futebol, no dia 31 de agosto, prometendo gols.
        A ideia da diretoria de marketing era lançar bonecos do camisa 9 e fazer várias promoções para explorar a imagem do atacante, mas o plano foi descartado para não causar ciúmes no resto do grupo. A inveja, porém, existe: o atacante tem um dos maiores salários do elenco.
        Onze jogos depois, Love é uma das imagens da decadência do Palmeiras. Em campo, sua estreia até foi boa: gol e vitória sobre o Barueri. Depois, queda de produção. Na última quarta-feira, na derrota de 2 a 0 para o Grêmio, ficou no banco e não atuou. "Não venho fazendo bons jogos. O Ortigoza está melhor e mereceu a chance", admitiu.
        
        

Leia Também