Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ESPORTES

Vagner Love brilha e marca dois gols em sua estreia no Fla

Vagner Love brilha e marca dois gols em sua estreia no Fla
24/01/2010 06:44 -


A torcida do Flamengo que foi ao Engenhão não se arrependeu. Em sua estreia, o atacante Vagner Love marcou dois gols e deu a vitória por 2 a 1 sobre o Bangu ontem pela Taça Guanabara. Outro destaque da partida foi a volta de Adriano aos gramados, depois de se recuperar das dores no pé causadas por uma bolha. Com o triunfo, o Flamengo foi a nove pontos no grupo A e assumiu a liderança provisória da chave, já que Boavista e Fluminense ainda jogam na rodada e podem ultrapassá-lo. O Bangu, por sua vez, fecha a jornada na lanterna da chave, ao lado do Americano, mas em desvantagem neste momento no saldo de gols (-5 a -7). Ovacionado pela torcida assim que entrou em campo com seus novos companheiros, Vagner Love justificou o esforço do Flamengo para tirá-lo do Palmeiras logo aos 18min do primeiro tempo, aproveitando-se de um rebote do goleiro Marcos Leandro em chute de longa distância do volante Fernando: 1 a 0. Nos minutos finais da etapa, Adriano desviou uma bola de cabeça aos 45min e Vagner Love aproveitou-se do lance para driblar Marcos Leandro, meio sem jeito, e anotar seu segundo gol na partida. O Bangu, porém, diminuiu a vantagem rubro-negra pouco depois: aos 49min – Tiano cobrou pênalti cometido por Vinícius Pacheco sobre Abílio. No segundo tempo, o estado ruim do gramado do Engenhão prejudicou as equipes na armação das jogadas. Mesmo assim, o Bangu por pouco não empatou o duelo: Gustavo tentou duas vezes e, em uma delas, Bruno salvou o Flamengo, que na próxima quarta-feira encara o Americano, às 19h30min (de Brasília), no Maracanã. Já o Bangu pega o Olaria no mesmo dia, às 16h, na Rua Bariri. No outro jogo de ontem, o Resende perdeu para o Madureira por 2 a 1.

Felpuda


Vêm aumentando que só os disparos de segmentos diversos contra cabecinha coroada que, até então, acreditava voar em céu de brigadeiro. O novo coronavírus chegou, ganhou espaço, continua avançando e atualmente tem sido o melhor cabo eleitoral dos adversários. A continuar assim, sem ações mais eficazes, o estrago político poderá ser grande. Observadores mais atentos têm dito que o momento não é de viver o conto da “Bela Adormecida”. Só!