quarta, 18 de julho de 2018

Vacinação da criançada deve estar em dia na volta às aulas

10 FEV 2008Por 12h:25
     Scheila Canto
        
         A compra do material escolar não deve ser a única preocupação dos pais nesse período que antecede a volta às aulas. É hora também para eles colocarem em dia a carteira de vacinação de seus filhos.  Em creches, pré-escolas e escolas, a garotada fica aglomerada em salas fechadas, o que facilita a transmissão de doenças infecto-contagiosas. Para crianças entre 4 e seis anos, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) recomenda a segunda dose de reforço de vacinas contra difteria, tétano, coqueluche e poliomielite.
        
        Apesar de recomendado pela SBP e a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), o  segundo reforço para coqueluche só foi incluído calendário de vacinação de todos os Estados brasileiros há dois anos, embora já fosse oferecido na rede pública de alguns estados como São Paulo e Santa Catarina. ?Por isso, há crianças e adolescentes que não receberam o reforço e precisam ser protegidas?, lembra  o médico Aroldo Prohmann de Carvalho, professor-adjunto de Pediatria da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).
        
        

Leia Também