Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Usuários da Apple gastaram US$ 10 bi em apps em 2013

Usuários da Apple gastaram US$ 10 bi em apps em 2013
08/01/2014 02:00 - veja


A Apple divulgou nesta terça-feira o total gasto por seus usuários na App Store, sua loja de aplicativos, em 2013. Segundo a companhia americana, foram investidos 10 bilhões de dólares em apps nos últimos doze meses. 

O último mês do ano foi histórico para a Apple. Só em dezembro foram gastos 1 bilhão de dólares e quase 3 bilhões de aplicativos foram baixados - uma marca inédita para a companhia. 

Para os desenvolvedores, o faturamento em 2013 foi de 15 bilhões de dólares na App Store — em 2012, os programadores ganharam "apenas" 7 bilhões de dólares. 

Sucesso

A Apple associa o sucesso do final do ano à atualização do seu sistema operacional. O iOS 7, lançado em setembro, oferece mais recursos aos desenvolvedores, que podem criar aplicativos com melhor usabilidade. Segundo a companhia, Evernote, Yahoo!, AirBnB, Tumblr, Pinterest e American Airlines reinventaram seus apps por causa da nova API.  

A App Store oferece aos usuários mais de 1 milhão de apps para iPhone, iPad e iPod touch, divididos em 24 categorias. A loja está presente em 155 países do mundo — inclusive Brasil. 

Concorrência

O Google não abre a receita obtida com a venda de aplicativos através da sua loja de apps, a Play. Segundo a empresa, mais de um milhão de softwares estão disponíveis para download em sua loja. A venda de programas pagos, contudo, não é tão significativa. Segundo estudo da empresa de análise de mercado móvel Distimo, apenas 37% dos apps baixados por meio da Play, em novembro, foram comprados pelos usuários. Já na rival App Store, da Apple, a margem foi de 63%.

Felpuda


Engana-se quem acha que diminuiu a voracidade de ter fatia de cobiçado bolo por parte de “quem manda”. O recuo realmente houve, mas só por enquanto e por uma questão de estratégia, até porque, nas primeiras investidas, as portas não se abriram. E continuam fechadas. Mas quem conhece bem a dita figurinha aposta que ela não desistirá até encontrar, digamos,  um “chaveiro amigo”. Essa gente não sossega nem diante da pandemia... Afe!