Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 15 de novembro de 2018

SAÚDE

Uso abusivo de smartphones pode causar lesões nas mãos

3 JUL 2012Por TERRA00h:00

Com a popularização de aparelhos celulares smartphones, navegar pela internet, enviar mensagens e usar o e-mail pelo dispositivo ficou mais rápido e fácil. Porém, de acordo com o Instituto de Ortopedia de Traumatologia do Hospital das Clínicas da USP, esse uso cada vez mais frequente pode levar a problemas nas mãos. Segundo o ortopedista Mateus Saito, isso acontece porque esse tipo de aparelho exige uma movimentação maior do dedo polegar, o que pode gerar lesões conhecidas como ‘textingtendinitis’.

Recente, um estudo canadense feito com 140 universitários mostrou que 84% apresentavam alguma dor. A mais relatada foi a do polegar. As chances de desenvolver esse tipo de dor com o uso de um aparelho com navegador de internet é 2,21 vezes maior do que em celulares tradicionais.

“Para cada clique que o polegar realiza, há um movimento de extensão que, após várias mensagens, acaba por causar microlesões no tendão extensor que se inflama”, explica Mateus. Segundo o médico, a articulação da base do dedo também se inflama pelo excesso de atrito do movimento circular.

Para quem já sofre com esse tipo de inflamação, o uso de bolsa de gelo e analgésicos podem ajudar. Porém, o ideal é prevenir as lesões evitando longos períodos de digitação e alongando os dedos. De acordo com Mateus, é preciso fazer um uso consciente do celular, utilizando seus recursos, como mensagem e e-mail, apenas quando realmente necessário, pois o uso do teclado do computador é melhor.

Além disso, ele recomenda que o usuário não digite com a mesma mão que segura o aparelho e que, quando possível, apoie o celular. Outra dica é acionar o sistema T9 ou adivinha, para economizar esforço na digitação. Agora, se você depende do uso excessivo desse tipo de aparelho, Mateus recomenda a busca de profissionais que o orientem com exercícios que fortaleçam a musculatura das mãos.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também