sexta, 20 de julho de 2018

Universitários terão nova gama de produtos financeiros

5 SET 2010Por 23h:45
     Uma nova onda de produtos financeiros específicos para universitários está para chegar. Duas décadas depois do aparecimento da primeira conta bancária para estudante (lançada pelo banco Real), Itaú Unibanco, Bradesco, Santander e HSBC remodelam o que já têm nas prateleiras e estudam o mercado para elaborar novas opções de conta corrente e linhas de crédito.

        Os motivos para o fortalecimentos dos produtos aos universitários são os mesmos entre os bancos: expectativa de crescimento do número desses estudantes dos atuais 5,5 milhões para 10 milhões nos próximos 10 anos, segundo Ministério da Educação; estágio remunerado; vontade dos jovens de consumir e viajar.

        "A briga entre os bancos para conquistar os jovens já é grande e a tendência é se acirrar ainda mais", diz Marcos Calliari, diretor da agência Namosca que, a pedido de um grande banco, acabou de fazer um levantamento sobre o relacionamento dos universitários com o sistema financeiro.

        Nesse levantamento, feito com cerca de 800 universitários com idade entre 18 e 25 anos da região Sudeste, a Namosca detectou que 86% dos jovens têm conta corrente em banco. "Não necessariamente específica para estudante", diz Calliari. Além disso, a pesquisa mostrou que 77,3% têm conta-poupança, 76,4% cartão de crédito, 84,9% cartão de débito e 62,3% cartão de lojas.

        Afrânio Pereira, diretor do Santander, afirma que ainda há um potencial enorme a ser explorado nessa fatia da sociedade. "Estamos muito ligados a este público e temos consciência de que, se atendermos bem o jovem, estamos ganhando um cliente para muitos anos", afirma.

        A intenção de fidelizar o cliente é senso comum entre os bancos. "E para atender bem esse públicos nós teremos boas novidades lançadas ainda esse ano", antecipa Cecília Arellano, diretora de desenvolvimento de produtos do Itaú Unibanco. Cecília, no entanto, não quis dar mais detalhes sobre quais produtos serão lançados, mas sinalizou que haverá novidades na área de crédito.

        O HSBC lançou no mês passado um novo pacote de serviços aos universitários. "Remodelamos o que já tínhamos para ficar com a cara do universitário de hoje", conta Luciana Sammarco, executiva-sênior de segmentação de varejo do HSBC. Ela conta que uma das prioridades do banco para este e o próximo ano é justamente o público jovem.

        O Bradesco está em linha com os concorrentes. Marcos Daré, diretor de investimentos do banco, conta que está para chegar em sua mesa um estudo encomendado à uma consultoria justamente sobre o comportamento de universitários diante do mercado financeiro. "Queremos entender o que esse público precisa para lançarmos produtos alinhados às necessidades deles", conta.

         

        (Informações do Estadão)

Leia Também