Segunda, 22 de Janeiro de 2018

Universidade adota medidas para vestibular

28 JAN 2010Por 22h:18
Em atendimento à recomendação do Min istério Público Federal (MPF), a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) mudou a organização do vestibular 2010. O MPF solicitou alterações na seleção após detectar problemas no vestibular 2009. Investigações coordenadas pela procuradora Joana Barreiro levantaram indícios de irregularidades no evento. De acordo com o MPF, os problemas concentraram-se na unidade dois da Cidade Universitária. No local, 3.585 inscritos deveriam fazer provas, enquanto apenas 2.866 foram distribuídos em outros pontos de Dourados. O acesso à Cidade Universitária ficou comprometido pelo excesso de veículos e acidentes. Com isso, os índices de abstenção na unidade chegaram a 33,7%, enquanto a maior abstenção nos outros locais de prova foi de 15,15%. Diante da situação, a procuradora expediu a recomendação, que foi acatada pela instituição de ensino. A partir deste ano, as provas serão aplicadas em 15 municípios, ao invés dos cinco habituais. E o número máximo de candidatos para a Cidade Universitária será de 1745.

Leia Também