Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ESCOLA DE SAMBA

Unidos do Cruzeiro leva para a avenida os deuses gregos

Unidos do Cruzeiro leva para a avenida os deuses gregos
25/02/2014 11:01 - DA REDAÇÃO


“Apesar de crescer no meio do Carnaval, não gostava de fazer parte de toda aquela bagunça que acontecia na minha casa, mas com o tempo fui vendo o quanto meu pai amava tudo aquilo e hoje minha paixão também é o Carnaval”. A frase é do carnavalesco Alex Guedes. Ele é filho de um dos precursores do Carnaval de Campo grande, o saudoso Picolé.

Alex assumiu a escola de samba Unidos do Cruzeiro após o falecimento de seu pai. Uma história de 33 anos que é mantida com muito amor e dedicação por toda a família.
A Escola de Samba Unidos do Cruzeiro vem se mantendo no grupo especial há décadas e este ano terá como enredo “Da Mitologia Grega à Passarela do Samba – Os deuses Gregos no Carnaval Brasileiro”.

O tema foi escolhido após muita pesquisa. “Tenho fascinação pelas histórias da mitologia grega, acredito ser o berço da civilização. A mitologia tem histórias e mitos que nos fazem viajar no tempo, mas para escolher um enredo requer muita leitura e estudo, pois tudo pode virar história e enredo de escola de samba. Até mesmo uma frase podemos transformar em uma grande viagem ao mundo das fantasias”, disse Alex afirmando que a escola virá com muitas cores esse ano. “A escola vem bem colorida porque o tema pede isso, vem com o trabalho carnavalesco e eu pretendo fazer um desfile técnico. Muitas cores, muitas plumas. 90% das fantasias da nossa escola já estão prontas”, concluiu Alex.

Para o carnavalesco, o fato da Prefeitura de Campo Grande ter repassado o recurso em junho do ano passado facilitou a produção e confecção das fantasias. “Nesses 33 anos que vivo o Carnaval nunca tinha acontecido isso na Capital do recurso ser liberado com tanta antecedência. Dessa forma foi possível comprar material com preços mais acessíveis e de boa qualidade", disse o carnavalesco.

As escolas de samba entram na Praça do Papa nos dias 3 e 4 de março, segunda e terça-feira. As datas foram estabelecidas pela comissão da Lienca (Liga das Entidades Carnavalescas de Campo Grande. A Unidos do Cruzeiro deverá ser a segunda escola a entrar na avenida no dia 4 de março.

Enredo
Letra e Melodia: Serginho Di Prima

“Da Mitologia Grega à Passarela d Samba – Os deuses Gregos no Carnaval Brasileiro”

Naveguei, Naveguei.
Bons ventos me fizeram navegar
Quando uma voz ecoou, ao mundo noticiou.
Poseidon vai se casar com Iemanjá.

Sou só festa e alegria,
Mas minha nau não corresponde meu pensar
Zeus no olimpo supremo a reinar na Antiga Grécia
A embarcação foi ancorar.

Bate logo esse pandeiro nego
Aprende Apolo esse ritmo nagô
Espera brilhar a lua, negão
E põe Artêmis pra quebrar até o chão

Fonte dos amores
Veio Afrodite o meu peito enfeitiçar
Logo Hermes trouxe a cura,
Para o bem dessa ternura
Pois dona Heras não podia abençoar
Dionísio e uma taça
E o meu ego de pirraça
De uma boteco para a comemoração
Por causa de um amor proibido
De um porre de vinho
Ades queria executar condenação
É mais no meu samba o bicho pega
A justiça ainda é cega
E Atenas samba no soar do meu surdão.

Se entoar meu coração,
Bater na veia a marcação
Arrepia meu samba, carnaval, poesia Cruzeiro é mitologia.


Ficha Técnica
Escola de Samba: Unidos do Cruzeiro
Cores oficiais: Vermelho, branco, amarelo e laranja
Fundação: 1979
Carnavalesco: Alex Guedes
Presidente: Alex Guedes
Enredo 2014: “Da Mitologia Grega à Passarela do Samba – Os deuses Gregos no Carnaval Brasileiro”
Rainha de bateria: Tatiane Guedes
Colocação em 2013: 3 Lugar
Integrantes: 450
Alegorias: 4
Alas: 7

Felpuda


Acontecimentos policiais de grande repercussão deverão refletir seriamente na jornada de uns e de outros. Os cortes nos “tentáculos do polvo” os deixaram sem respaldo para enfrentar a maratona que há tempos participam, e com sucesso. Ao mesmo tempo que ficaram sem o aconchego financeiro, afastaram-se do abraço, até então muito amigo, preocupados com o ditado popular que afirma:  “Diga-me com quem andas e eu te direi quem és”.