Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CIDADES

Unidade de internação de menores da Capital passará por reforma

Unidade de internação de menores da Capital passará por reforma
26/05/2010 08:55 -


NADYENKA CASTRO

A Unidade Educacional de Internação (Unei) Dom Bosco, localizada na saída para Três Lagoas, em Campo Grande, terá novos alojamentos para adolescentes e policiais militares. A reforma custará R$ 900 mil e a previsão de conclusão é de 242 dias.
A ala para os infratores terá oito alojamentos com capacidade para cinco garotos, cada. Serão 318 metros quadrados, com banheiros, local adequado para monitores e uma sala de múltiplo uso. O espaço para policiais militares (guarda externa) terá 80,39 metros quadrados, com um apartamento, copa, recepção e abrigo para viatura.
O superintendente de Assistência Socioeducativa, Hilton Villasanti Romero, disse que a reforma não irá ampliar a capacidade de internação da unidade, que é de 56 meninos, mas irá “melhorar as condições”. Ele explicou que a Unei Dom Bosco já ganhou núcleo de saúde, socioeducativo e quatro novas salas, sendo uma de informática.
O Estado tem 241 adolescentes infratores internados nas 10 Uneis. Deste total de jovens infratores, segundo Villasanti, 95% é do sexo masculino e  praticaram roubos e/ou furtos.

Base comunitária
Por outro lado, a Polícia Militar implantará no Jardim Los Angeles, em Campo Grande, mais uma base comunitária. O objetivo, de acordo com o comandante da coorporação, coronel Carlos Alberto David dos Santos, é reduzir os índices de criminalidade na região. A obra deve ficar pronta em 80 dias.
O comandante da PM explicou que atuação da Polícia Comunitária “vai transformar o Los Angeles no que é hoje é o Nova Lima”. Segundo David, o Bairro Nova Lima era um dos mais violentos do município, com a ativação da base comunitária, em outubro do ano passado, o perfil da região mudou.
Os bairros Coophasul e Aero Rancho também contam com o atendimento da Polícia Comunitária. A unidade do Los Angeles terá um diferencial: contará com uma sala para reuniões de policiais com a comunidade.

Felpuda


Apesar de ainda fazer certo charme no estilo “se chamar, vou pensar” é praticamente certo que ex-candidato ao governo do Estado nas eleições passadas não participará da disputa pela Prefeitura de Campo Grande. Nos meios políticos é falado que não se trata de “novidade” e que não haverá mais cavalo encilhado passando na sua frente. Ele ainda insinua que poderá voltar em 2022, mas há quem diga que não precisará pensar, pois faltará a tal da “chamada”.