Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

DOURADOS

Uniarte começa na segunda com destaques

20 OUT 2010Por OSCAR ROCHA00h:45



Na segunda-feira, às 19h, com show de Lenilde Ramos e homenagens a personalidades culturais como a professora Idara Duncan, Zilma Pizzinie, entre outras, terá início a  XXVI Uniarte/VII Encontro Multidisciplinar de Educação, na Unigran, em Dourados. O evento é um dos maiores encontros culturais e científicos da região. “Até 2008, abríamos espaço somente para artes visuais. Desde o ano passado também são destacadas a produção e as atividades de outro cursos da Unigran, como Pedagogia, Letras, Matemática”, explica o professor de Artes Visuais e coordenador da Uniarte, Paulo Rigotti.
Mesmo abrindo espaço para ações de outras áreas, a jornada continua apresentando sólida perspectiva em torno das artes visuais da atualidade, tanto no País como em Mato Grosso do Sul. Os nove blocos da instituição serão ocupados com vários tipos de produção. “Temos agendados até agora 39 mil estudantes da região que visitaram as exposições. O ano passado foram 31 mil estudantes que estiveram na Uniarte. No total, em 2009, perto de 60 mil pessoas conheceram as atrações”, informa Rigotti.
Para se ter uma ideia da diversidade, este ano a curadoria destacou, entre outras atrações, a grafitagem e a gravura. Do primeiro, apresenta o trabalho de Binho Martins, um dos mais importantes grafiteiros em atividade no Brasil. Morando em São Paulo, tem trabalhos em várias cidades. Suas intervenções urbanas destacam figuras que remetem à condição feminina. Ele mostrará várias criações e ministrará oficina. Outro destaque do grafite é a mato-grossense Marilena Grolli, atualmente radicada em Campo Grande.
Na parte de gravuras, o público poderá conhecer 3 obras do brasileiro Lívio Abramo (1903/1992), um dos maiores nomes das artes plásticas nacional. “Ele morou muito tempo no Paraguai. Conseguimos os trabalhos que estarão na exposição por meio da Embaixada Brasileira em Assunção”, informa o coordenador da Uniarte. Outras individuais serão das artistas Buga (Bonito) – pintura e colagem –, Genessi Grosbelli (Dourados)  – pintura e gravura.
As coletivas são outra marca da Uniarte. Em uma delas, os artistas de Bonito – ou radicados  na cidade–  serão destaque, possibilitando apreciar pintura, fotografia, desenhos, colagens. “Há pessoas que são de outras partes do País e que moram em Bonito. Algumas tem suas obras reconhecidas nacionalmente. Este é o caso de Sandra Romero e Lessa, que atualmente moram na região. Em outra coletiva será possível observar o que está sendo produzido no sul do Estado. “Singulares IV: Mostra da Produção Visual do Cone Sul” destacará 60 artistas. Por sua vez, a 18º Mostra Guaicurus reunirá artistas de outros pontos do Estado.
Ainda poderão ser vistas as realizações do alunos de Artes Visuais da Unigran. No total, a curadoria calcula que perto de 5 mil obras artísticas integram as várias atrações do evento. Também faz parte da programação palestras, comunicações, debates, lançamentos de livros, exibições de filmes, entre  outros. A programação inicia segunda-feira e encerra na sexta-feira (dia 29 de outubro).   

Leia Também